Artigos Técnicos




União estrutural usando adesivos sobre superfícies pintadas

Neste trabalho foram analisados procedimentos de união adesiva entre componentes pintados e não pintados. Foi possível, desta forma, definir como as propriedades da junta são influenciadas pelo tipo de revestimento.

19/10/2021



Como as progressões influenciam o desempenho de punções utilizados no corte de metais

Este trabalho visa proporcionar uma melhor previsão da força de corte no processo de furação de chapas por meio de estampagem. Foram realizados ensaios de compressão com punções de seção cilíndrica e de mesmo diâmetro, porém com diferentes tipos de progressões. Dessa maneira, foi possível avaliar o comportamento e a variação da força de corte necessária para o processamento de chapas feitas de diferentes materiais com variados tipos de punções.

19/10/2021



Como a temperatura da matriz e a espessura definem a conformabilidade de TWB’s

Este estudo examina o aço ao boro, muito usado na confecção de chapas de alta resistência mecânica para a fabricação de peças por estampagem a quente. Embora esse material apresente alta resistência mecânica, seu alongamento é relativamente baixo, o que reduz sua capacidade de absorção de energia no caso de colisão. Para resolver esse problema, foram soldadas duas chapas com diferentes espessuras, de forma tal que a chapa fina absorvesse a energia da colisão e a grossa atuasse como suporte mecânico, configurando um blanque soldado a laser (TWB, de tailor welded blank). Contudo, o aço ao boro pode apresentar enfraquecimento na junta soldada devido à presença do revestimento de alumínio-silício que é usado para evitar a ocorrência de oxidação durante o processo de austenitização e soldagem. Por esse motivo, foi removida, por meio de ablação a laser, uma determinada parte da camada do revestimento de um blanque de chapa de aço ao boro com dupla espessura durante o processo de estampagem a quente, para que então fosse estudada a conformabilidade desse material.

04/10/2021



Arcos defletidos e seu potencial de aplicação na brasagem de chapas de aço galvanizadas

Foi investigada a estabilidade da fixação do arco por meio de oscilação magnética como parte de um projeto patrocinado pela Associação dos Grupos de Trabalho em Pesquisa Industrial da Alemanha. Para alcançar esse objetivo, foi desenvolvida e testada uma nova tocha TIG para demonstração, dotada de refrigeração especial, cobertura ajustada de gás para proteção e um módulo para permitir uma rápida oscilação magnética do arco. Neste estudo também são apresentados vários métodos de diagnóstico para a caracterização da deflexão do arco e do aporte de energia para a peça sob processamento. Somente com auxílio do procedimento do anodo dividido foi possível quantificar a deflexão exata do arco e do aporte de energia. A avaliação óptica do arco não se revelou adequada para a previsão desse parâmetro na peça sob soldagem. Foi possível destacar o potencial de melhoria promovido em cordões de brasagem em flanges de chapas de aço galvanizado pela utilização do arco oscilado magneticamente em comparação com o processo convencional de soldagem com eletrodo de tungstênio sob gás inerte (TIG).

20/09/2021



Como evoluem a força e a espessura de um copo de aço IF no processo de embutimento profundo

O embutimento profundo é um dos mais importantes processos de conformação. Neste trabalho foi analisada a evolução da força em função do deslocamento do punção e da variação da espessura ao longo da altura do copo, por meio de experiências e de simulação numérica. Foi construído um ferramental com prensa-chapa fixo para realizar o embutimento de um copo cilíndrico, utilizando um blanque de 100 mm de diâmetro, de aço IF, com espessura nominal de 1,78 mm. A parte numérica foi conduzida utilizando o método dos elementos finitos por meio de um aplicativo, no qual se utiliza uma nova formulação para o elemento de casca, capaz de identificar e determinar os valores da redução da espessura nas regiões sujeitas ao ironing – semelhante ao processo de trefilação. Os resultados numérico-computacionais são comparados aos experimentais a fim de validar o modelo numérico proposto

20/09/2021



Processo alternativo prepara superfície de chapas de cobre para a colagem

Superfícies metálicas – por exemplo, de cobre – oxidam-se quando expostas à atmosfera. De acordo com o tipo e densidade da camada de óxido, ela atua como barreira contra o ingresso adicional do oxigênio do ar e protege o metal puro localizado abaixo da frente de oxidação. Dependendo das estruturas dessas camadas de óxido, outras substâncias, tais como óleos, graxas, ceras, sais etc., podem se depositar sobre esta camada ou se incorporar a ela. Na tecnologia de união adesiva, é necessário que a superfície esteja limpa, ou seja, isenta, tanto quanto possível, de carbono, graxas ou óleos, para viabilizar a confecção de juntas por adesão duráveis e de alta qualidade. Por isso, é imperativo tratar a superfície antes da união adesiva. Por outro lado, uma camada de óxido uniforme, fina e firmemente aderente promoverá a formação da junta adesiva. Ao contrário do que ocorre com a influência dos óxidos sobre superfícies de alumínio, ainda não foram conduzidas investigações mais precisas sobre esse tópico no caso do cobre. Assim, a adequabilidade do tratamento a arco como pré-tratamento de cobre antes da confecção de uniões adesivas foi estudada neste trabalho.

31/08/2021



Uma análise dos processos de pintura para estruturas metálicas

A utilização de estruturas metálicas apresentou um grande avanço em todo o mundo nos últimos anos. No Brasil, a tendência quanto ao uso dessas estruturas foi igualmente notada, o que levou empresas a desenvolverem técnicas de proteção anticorrosiva para essas superfícies. Ainda assim, existe uma demanda crescente de informações sobre esse tipo de produto, sobretudo em relação à quantidade necessária para determinados projetos que envolvem a pintura anticorrosiva de novos empreendimentos. Este artigo apresenta alguns métodos utilizados para atender a esta demanda.

31/08/2021



Combinação de processos de soldagem para a fabricação de equipamentos e tanques

A soldagem a arco sob gás de proteção é raramente usada na fabricação de equipamentos e tanques. Entre as razões para esse fato estão a fraca penetração que ocorre no início do cordão de solda, dependendo das condições do processo, e possíveis falhas decorrentes da fusão incompleta entre passes. Contudo, ao longo dos últimos anos, ocorreram grandes avanços nas tecnologias de processo e de equipamentos para esse tipo de soldagem. O processo híbrido de soldagem a plasma e a arco sob gás de proteção pode evitar os riscos associados a este último processo usado de forma isolada. Este novo método foi investigado sistematicamente no Instituto Técnico de Ensino e Ensaios de Soldagem de Munique e aperfeiçoado para aplicação na fabricação de equipamentos e tanques.

20/08/2021



Comportamento mecânico de juntas soldadas a ponto por fricção linear

Foram investigadas as propriedades mecânicas e o comportamento de fratura de juntas soldadas por fricção linear de duas ligas ferrosas dissimilares, a saber, aço-carbono laminado a frio (JIS SPCC) e aço inoxidável 409L (JIS SUS 409L), sob cargas combinadas com caráter dominante de abertura. A textura cristalográfica dessas juntas depende do material da chapa superior. Os contornos da fratura para esse tipo de junta sob cargas combinadas são definidos em termos da carga axial e cisalhante, por critérios de fratura propostos anteriormente para o processo convencional de soldagem a ponto por resistência elétrica. O formato do contorno da fratura também depende do material da chapa superior. Os contornos da fratura apresentaram formato aproximadamente elíptico quando a chapa superior foi de aço com baixo carbono ou em forma de linhas relativamente retas, quando a chapa superior foi de aço inoxidável SUS 409L.

20/08/2021



A influência da geometria do cordão de solda sobre a qualidade de tubos para transporte de gás

Há dois métodos de ensaio consagrados para identificar previamente os danos causados por fluência e por alongamento cíclico em juntas soldadas presentes em tubos para condução de vapor sob alta pressão. O ensaio para detecção de trincas superficiais pelo método magnético de corrente de fuga é capaz de fornecer resultados consistentes assim que surgem as primeiras trincas, enquanto a análise da microestrutura superficial é capaz de prever os danos iniciais decorrentes da fluência. Contudo, isso somente é conseguido quando os danos se localizam na superfície. Essa abordagem não proporciona nenhuma vantagem no caso de juntas soldadas circunferenciais com geometria em forma de “cogumelo”, confeccionadas por meio do processo de soldagem em múltiplas camadas

09/08/2021



Análise comparativa de chapas conformadas em uma matriz em forma de “V”

Este artigo relata um estudo comparativo e numérico sobre a conformabilidade de uma chapa processada em uma matriz em forma de “V” por meio de operações de estampagem convencional ou conformação eletromagnética. Foi utilizado o modelo de plasticidade de material proposto por Gurson-Tvergaard-Needleman para avaliar a evolução dos danos e efetuar a previsão de falha por meio da simulação numérica usando o método de elementos finitos. O impacto da chapa com a matriz gera um complexo estado de tensões durante o processo de conformação eletromagnética. A supressão de danos provocados pela interação ferramental-chapa deve ser um dos principais fatores que contribuem para o aumento de conformabilidade proporcionado pelo processo de conformação eletromagnética em comparação com a operação de conformação convencional. Além disso, os altos níveis de energia cinética produzem elevados efeitos constitutivos e inerciais associados à taxa de deformação, os quais atrasam o limiar da estricção e também podem ser responsáveis pelo maior nível de conformabilidade verificado quando se usa o processo eletromagnético

06/08/2021



Sistemas de resfriamento para ferramental de estampagem a quente

Neste trabalho foi proposto um novo método de simulação em múltiplos campos para projetar um ferramental de estampagem a quente com sistemas de refrigeração. Foi usado esse mesmo método para analisar a deformação desse ferramental. Foram executadas simulações acopladas de forma termofluido e termo-fluido-mecânica com base na interface de acoplamento com código paralelo baseada em malha. Subsequentemente, foram investigados os parâmetros geométricos do sistema de resfriamento em termos de seu projeto. Os resultados obtidos mostraram que tanto a distância entre os dutos quanto o contorno sob carga mecânica do ferramental possuem influência significativa sobre o efeito de resfriamento da peça. Além disso, foi constatado que esse efeito é obtido de forma mais efetiva quanto menor for a distância a partir da superfície do ferramental e quanto menor for a distância entre os dutos. Também foi mostrado que a expansão térmica é a principal razão para a deformação das ferramentas de estampagem a quente, uma vez que ela causa a distorção dos dutos de resfriamento e a concentração de tensão nos seus cantos

27/07/2021



Estudo de falhas em uma peça tubular soldada feita de aço duplex

Com o objetivo de melhorar a segurança de equipamentos técnicos, foram feitas pesquisas sobre os laudos emitidos pela TÜV Rheinland sobre análises de falhas, para determinar o seu real tipo e suas correspondentes causas. Tais publicações sobre as falhas decorrentes da confecção de juntas soldadas estão abertas ao público. Este trabalho descreve os procedimentos e os resultados de uma análise de falha efetuada em uma junta tubular soldada confeccionada com aço duplex.

27/07/2021



Características da soldagem a ponto de chapas de aço-carbono

Corpos de prova feitos de aço-carbono número 1.8902, em forma de chapa com espessura de 0,8 mm, foram submetidos ao processo de soldagem a ponto, obtendo-se juntas de sobreposição ou curvadas e sujeitas a solicitações de descascamento (peeling). Foram investigados alguns parâmetros como intensidade de corrente e tempo de soldagem. Foi apresentada uma relação entre a área da junta soldada e suas características de resistência mecânica. Os resultados obtidos mostraram que a resistência da junta soldada e a área fundida (ou seja, o volume do “botão” de solda) aumentaram à medida que se elevou a corrente de soldagem. Portanto, observou-se uma correlação entre a carga máxima (resistência mecânica) da junta soldada e sua área. Foi feita uma determinação consistente da soldabilidade sob cargas de tração e cisalhamento, sendo apresentados novos limites para ela. Além disso, os resultados experimentais foram comparados com relações empíricas que consideram apenas a espessura das chapas unidas.

08/07/2021



Uma análise dos parâmetros de puncionamento na furação de chapas

A furação de chapas realizada por puncionamento pode causar uma conicidade no furo estampado devido à folga entre punção e matriz de corte. A falta de controle dos parâmetros e as variações do diâmetro inicial e final dos furos podem inviabilizar a utilização deste método.

07/07/2021



Caracterização de juntas de aço DP600 confeccionadas por soldagem a ponto por resistência elétrica

A soldagem a ponto por resistência elétrica, uma técnica comumente usada para unir aços em aplicações automotivas, precisa ser estudada com cuidado para que sejam melhoradas as propriedades mecânicas de uniões produzidas a partir dela. O objetivo deste trabalho é caracterizar as juntas confeccionadas por soldagem a ponto por resistência elétrica de chapas de aço do tipo DP600 (bifásicos). As propriedades mecânicas das juntas soldadas foram avaliadas por meio de ensaios de cisalhamento sob tração e de tração cruzada, sendo medida a evolução da temperatura ao longo do tempo durante o ciclo de soldagem. Foram correlacionadas as microestruturas observadas em diferentes partes das juntas com os seus registros térmicos realizados por termopares. Foi constatado que as trincas iniciaram na região periférica dos botões de solda com microestrutura martensítica, sendo observado modo de falha por arrancamento. Também foi constatado durante o processo que o revenimento foi o principal fator para a queda de dureza na zona termicamente afetada (ZTA)

25/06/2021



Análise de corrosão detecta a causa de falhas em tubos de caldeiras

Este artigo aborda um processo de avaliação dos fatores que causaram a perfuração por corrosão de tubos metálicos pertencentes a uma caldeira flamotubular, que estava em estado de hibernação, e que apresentou vazamentos quando foi submetida ao teste hidrostático. Foram realizados ensaios macrográficos, micrográficos e visual, bem como uma análise do histórico da caldeira. Constatou-se que a corrosão, localizada sob depósitos, foi causada principalmente pela presença de oxigênio dissolvido, deposição de sais e descontrole do ph.

25/06/2021



Análise da estampagem a quente para o processamento de chapas grossas de aço 22MnB5

A indústria automobilística tem usado peças estampadas a quente na construção de veículos tanto para aumentar a segurança deles como reduzir a emissão de CO2. O uso de aços ligados ao boro temperado na fabricação de componentes é uma maneira econômica de obter significativas melhorias em termos de redução de peso e segurança veicular. Neste estudo é apresentada uma abordagem numérica computacional usando um modelo de elementos finitos para estimar a taxa de transferência de calor entre o blanque (quente) de aço 22MnB5 e a ferramenta (fria), quando ambos estão em contato, sendo as chapas submetidas a diferentes pressões mecânicas e temperaturas da água nos canais de refrigeração. Também buscou-se avaliar a microestrutura das amostras submetidas a diferentes combinações das variáveis de processo, aquecendo-as até a temperatura de austenitização de 950°C e assim as mantendo por cinco minutos, resfriando-as, posteriormente, sob diferentes velocidades, sendo a microestrutura examinada ao microscópio óptico

14/06/2021



Diagnóstico em linha permite a eliminação de defeitos durante a soldagem a arco

A qualidade da junta confeccionada pelo processo automatizado de soldagem a arco depende essencialmente do domínio das variações das condições de contorno do processo, cujas principais causas para a variação dessas condições resultam preponderantemente das alterações geométricas na região da união soldada. Isso ocorre devido à ocorrência de irregularidades no posicionamento dos componentes que estão sendo soldados, às tolerâncias de fabricação associadas à preparação para o cordão de solda e em razão da dilatação térmica do componente durante a soldagem propriamente dita.

14/06/2021



Critérios de estampabilidade de chapas metálicas

Atualmente são realizados muitos testes para caracterizar as propriedades de chapas metálicas, tendo em vista que tais procedimentos podem auxiliar tanto profissionais como, por exemplo, o projetista de peças feitas a partir delas, como contribuir para que o desenvolvimento e a fabricação de um produto ocorram de forma otimizada e com o mínimo possível de defeitos na peça final. Entretanto, não existe um teste específico que possa fornecer todas as informações necessárias, sendo comumente empregados vários tipos de ensaios para a correta caracterização do processo de estampagem.

28/05/2021



Análise da microestrutura dos cordões de solda de alumínio confeccionados pelo processo TIG

A microestrutura de cordões de solda solidificados possui influência significativa sobre a susceptibilidade do metal-base ao trincamento a quente e sobre as propriedades mecânicas da junta. Grãos refinados e globulares são importantes para aumentar a resistência mecânica, ductilidade e tenacidade, e também para promover a baixa susceptibilidade ao trincamento durante a solidificação, ao contrário de grãos grosseiros e colunares. Este estudo mostrou as principais influências exercidas pelo refino de grão do metal de soldagem. Portanto, foram determinadas as influências das condições térmicas, da composição química do metal de soldagem e do número e tipo de núcleos de solidificação sobre a microestrutura no caso da soldagem TIG de três diferentes ligas de alumínio.

28/05/2021



Press hardening: desafios e potencial de expansão na indústria brasileira

Este trabalho descreve o processo de estampagem a quente comumente denominado press hardening, bem como aborda os principais tópicos de pesquisa e os atuais desenvolvimentos relacionados a ela e realizados no cluster de excelência em Chemnitz, Alemanha. Além disso, são abordados o potencial desta tecnologia no Brasil e a cooperação dos setores envolvidos.

17/05/2021



Confecção de juntas metálicas com alta resistência à fadiga soldadas sob baixo aporte de calor

É possível projetar juntas brasadas confeccionadas sob baixo aporte de calor que apresentem alta resistência à fadiga entre chapas de aço e materiais mistos, como aço e alumínio, desde que sejam selecionados os parâmetros corretos do processo de brasagem. A seleção de um tipo de cálculo adequado requer a consideração do esforço envolvido na execução dessa operação. Os conceitos otimizados de tensão nominal, que consideram a geometria da junta soldada, e a ampliada tensão no entalhe, usando os valores reais dos raios de soldagem, mostraram-se adequados. Os usuários dispõem de formulações em função da combinação selecionada para os membros da junta e do material de adição adequado para a brasagem. Além disso, deve-se observar que todas as influências decorrentes do processo de fabricação já foram consideradas ao usar corpos de prova com formato similar ao dos componentes reais.

17/05/2021



Modelamento para a conformação de chapas de aço com alta resistência – Parte 2

A previsão de falhas em componentes estruturais é essencial para viabilizar o projeto de peças industriais feitas a partir de chapas metálicas. Portanto, a previsão precisa dos danos que precedem as trincas permite o prolongamento dos limites de conformação pela estratégia de manufatura formulada com base nos resultados de simulações. O modelo apresentado na primeira parte deste trabalho (Corte e Conformação de Metais, edição 132, abril de 2016) foi aplicado para prever a ocorrência de trincas durante a estampagem profunda de uma peça usando matriz em formato de cruz, cuja capacidade foi demonstrada pela comparação de experimentos. A segunda parte deste trabalho trata da previsão de falhas devido à ocorrência de trincas. Foi observado em particular que a melhoria dos resultados da simulação em termos da previsão de falha pode ser atribuída ao fato de ter sido considerado o efeito dos estados de tensão de compressão sobre a evolução do dano. Em uma segunda aplicação foram analisados os limites de conformação num processo de dobramento ao ar usando o mesmo modelo de dano

30/04/2021



Confecção de juntas soldadas usando fontes de laser com pulso modulável

O desenvolvimento de fontes de laser de Nd:YAG com pulso modulável tornou possível variar o aporte de energia, tanto na forma de gradientes de potência como na modulação dela sobre curtas escalas de tempo. Assim, é possível adaptar as condições de acoplamento pela superelevação da potência do feixe de laser no início do pulso e influenciar dinamicamente o aporte de energia sobre o componente que está sendo soldado. Esta tecnologia vem sendo utilizada nas áreas médica e de transformação de energia solar, bem como na indústria relojoeira, em função dos materiais utilizados em suas aplicações. A liberdade de modulação estende-se desde o formato retangular normal, passando pela forma “térmica” (formato de pulso constante na região principal), em que ocorre queda contínua de potência, até seu formato “metalúrgico” (formato de pulso variável na região principal), que se caracteriza pela modulação arbitrária da potência sobre curtas escalas de tempo.

30/04/2021



A influência de trincas sobre o comportamento de juntas de aço TWIP soldadas a ponto

Devido às suas propriedades físicas peculiares, os aços TWIP (twinning-induced plasticity), que apresentam plasticidade induzida por maclação, bem como altos teores de manganês, têm alto potencial para uso em construções leves que requeiram maior resistência como, por exemplo, as voltadas para o setor de transportes. A soldagem a ponto por resistência elétrica desses aços pode levar à formação de trincas a quente no botão de solda. No caso do projeto de liga Fe-Mn-Al-Si as trincas podem, sob condições laboratoriais, alcançar até 50% do diâmetro do botão de solda, iniciando a partir do centro da junta. Foram confeccionadas juntas soldadas a ponto que continham defeitos de diferentes tamanhos, que foram submetidas a condições quase estáticas e de cargas cíclicas. Foi constatada uma queda significativa da resistência mecânica das que possuíam trincas com tamanho acima de 50% do diâmetro do botão de solda, além de uma diminuição de 20% da força de amplitude que pode ser suportada.

16/04/2021



Como os lubrificantes atuam sobre a vida útil de ferramentas de conformação de chapas

Este trabalho apresenta um equipamento desenvolvido no setor de P&D da Bruning Tecnometal Ltda., voltado para a simulação de fenômenos tribológicos observados na conformação de chapas metálicas. Foram realizados ensaios sob quatro condições diferentes de lubrificação, sendo uma delas sem esse preparo. O lubrificante utilizado foi o Ferrocote 214 M da fabricante Quaker e o material da ferramenta utilizada foi o VF 800AT. Os corpos de prova foram retirados de uma bobina laminada a frio NBR 5915, na condição decapada e oleada. Houve diferença no valor do coeficiente de atrito e no surgimento de desgaste adesivo nas ferramentas, mostrando que a lubrificação influencia significativamente a vida útil da ferramenta.

16/04/2021



Soldagem por feixe de elétrons usando múltiplas poças de fusão

A soldagem por feixe de elétrons usando múltiplas poças de fusão simultâneas oferece a possibilidade de estabelecer diferentes taxas de resfriamento para um único metal de soldagem. Durante o processamento de aços duplex, os quais se caracterizam pela transformação de fases na faixa de temperatura entre 1.200°C e 800°C, é possível exercer considerável influência sobre as características da junta soldada usando uma técnica específica. Este trabalho apresenta a tecnologia de múltiplas poças de fusão que foi desenvolvida para a soldagem de componentes com paredes espessas feitos com aço duplex, que dispensa o uso de material de adição ou tratamento térmico posterior, bem como uma análise sobre a caracterização de propriedades microestruturais, tecnológicas e mecânicas das juntas confeccionadas.

06/04/2021



Modelamento para a conformação de chapas de aço com alta resistência – Parte 1

Os aços avançados de alta resistência mecânica (advanced high strength steels, AHSS) são amplamente aplicados na confecção de peças estruturais automotivas devido às vantagens que oferecem como, por exemplo, baixo peso e bom desempenho no caso de colisões, mesmo havendo desafios associados à sua conformação e interação com outros materiais. Para que eles sejam efetivamente usados em processos de conformação, é necessário investigar os limites de sua conformabilidade durante todo o processo. Ensaios padronizados, como as curvas limites de conformação, não atendem plenamente a essas necessidades. Portanto, são preferidos modelos de dano cumulativo, acoplados ou não. Neste trabalho é apresentada uma metodologia para a previsão de falhas em ambiente industrial usando a mecânica de dano contínuo (continuum damage mechanics, CDM). A primeira parte deste trabalho enfatiza os conceitos de modelamento, caracterização do material e identificação de parâmetros. A segunda parte, a ser publicada na próxima edição, abordará as propriedades elásticas desses aços e os parâmetros para a conformação deles.

05/04/2021



Parâmetros para simulação da conformação de chapas grossas

Uma formulação de malha de elementos finitos e um algoritmo de aplicação de carga foram implementados em um software de simulação, com o objetivo de criar uma malha de elementos hexaédricos melhorada para chapas de grande espessura. Isso possibilitou maior eficiência na simulação por elementos finitos não-lineares voltada para processos de conformação de chapas grossas de aço, usando elementos sólidos tridimensionais. Um estudo foi realizado na empresa Bruning Tecnometal Ltda. para comparar os diferentes métodos de simulação com os dados experimentais, demonstrando que os elementos em 3D podem representar com razoável precisão a forma após o retorno elástico (springback), a força durante a conformação, a força de calibração e os efeitos do processo sobre a peça.

16/03/2021



Influência da configuração da junta quente no resultado da medição de temperatura por termopar

A soldagem é um processo industrial complexo que requer uma detalhada avaliação antes da sua execução. Sendo assim, para obtenção de juntas de qualidade é necessário o controle sobre as variáveis de entrada e saída. O presente trabalho visa estudar experimentalmente a influência de diferentes configurações de termopares na medição de temperatura na zona afetada pelo calor de uma junta soldada.

15/03/2021



Simulação numérica do retorno elástico no dobramento de chapas de aço

A demanda por componentes mais leves tem fomentado pesquisas sobre novos materiais capazes de garantir elevadas propriedades mecânicas. Entre eles, destacam-se os aços de Alta Resistência (AHSS), os aços de Ultra Alta Resistência (UHSS), os aços de Plasticidade Induzida por Transformação (TRIP) e os aços bifásicos Dual Phase (DP). O que diferencia estes aços dos demais é a sua maior resistência, pois permitem a fabricação de peças ou componentes mais robustos, mais resistentes e mais leves devido à menor quantidade de material que possuem. Porém, um dos principais problemas apresentados por estes materiais é o retorno elástico, também conhecido como springback, ou efeito mola, que faz com que o projeto da ferramenta se torne uma tarefa muito complexa. Além disso, problemas de minimização do retorno elástico podem gerar conflito com outros objetivos inerentes ao processo de estampagem. Este trabalho tem como objetivo avaliar o comportamento do retorno elástico durante o processo de dobramento de chapas confeccionadas com aços Dual Phase DP 600 e DP 800. Foram realizados ensaios de dobramento e simulação por meio do método de elementos finitos usando o software Abaqus, além de terem sido aplicados cálculos propostos em literatura.

26/02/2021



Aplicação de conceitos de manufatura enxuta para redução do consumo de insumos

Este artigo trata da redução do custo produtivo de uma linha de montagem por meio da diminuição do consumo de gás de proteção para soldagem. Foi realizada uma revisão bibliográfica sobre o tema para verificar a possibilidade de aplicação dos conceitos examinados por meio de uma pesquisa-ação em uma empresa do ramo de autopeças. Foi criado um grupo de trabalho para analisar quais processos de fabricação poderiam ser otimizados, e verificado que o consumo do gás para proteçao de soldagem poderia ser reduzido. Assim, foi proposta e realizada a instalação de um controlador de fluxo de gás de proteção em uma das linhas de montagem. Os resultados obtidos foram analisados para avaliar a viabilidade técnica e econômica da aplicação para a redução do consumo de gás na empresa estudada.

26/02/2021



Análise da estampagem a quente para o processamento de chapas grossas de aço 22MnB5

A indústria automobilística tem usado peças estampadas a quente na construção de veículos tanto para aumentar a segurança deles como reduzir a emissão de CO2.

13/11/2017



Diagnóstico em linha permite a eliminação de defeitos durante a soldagem a arco

A qualidade da junta confeccionada pelo processo automatizado de soldagem a arco depende essencialmente do domínio das variações das condições de contorno do processo, cujas principais causas para a variação dessas condições resultam preponderantemente das alterações geométricas na região da união soldada.

06/11/2017



Confecção de juntas metálicas com alta resistência à fadiga soldadas sob baixo aporte de calor

É possível projetar juntas brasadas confeccionadas sob baixo aporte de calor que apresentem alta resistência à fadiga entre chapas de aço e materiais mistos, como aço e alumínio, desde que sejam selecionados os parâmetros corretos do processo de brasagem...

2016/09/20



Press hardening

Este trabalho descreve o processo de estampagem a quente comumente denominado press hardening, bem como aborda os principais tópicos de pesquisa e os atuais desenvolvimentos relacionados a ela e realizados no cluster de excelência em Chemnitz, Alemanha...

2016/09/26



Desenvolvimento de ligas com alta resistência ao impacto e à abrasão

Este trabalho teve como objetivo desenvolver ligas para deposição superficial, por meio de soldagem, que apresentem altas frações de materiais duros, boa ductilidade e capacidade de encruamento típicas do aço austenítico ao manganês e que, portanto, manifestam excelente índice de resistência a uma combinação de cargas abrasivas e de impacto...

2017/07/21



Reações exotérmicas usadas para desfazer juntas adesivadas

A união de chapas por meio de adesivos tem assumido um papel significativo na confecção de produtos, uma vez que, ao contrário do que ocorre nos processos mecânicos e térmicos, as peças a serem unidas não são afetadas. Em princípio, as juntas coladas eram irreversíveis, o que podia dificultar o reparo de componentes assim unidos...

2017/07/20



Determinação do diâmetro do botão de solda por ensaio magnético não-destrutivo

Um método de avaliação não-destrutiva de juntas soldadas a ponto por resistência elétrica foi desenvolvido por meio de pesquisas. Neste procedimento a junta é magnetizada por bobinas e o campo magnético residual (remanência) é medido subsequentemente sobre a área do ponto soldado...

2017/06/29



Aplicação de filmes DLC a plasma pode aumentar a resistência de aços

Filmes DLC (diamond-like carbon) são revestimentos metaestáveis do carbono que possuem excelentes propriedades mecânicas e tribológicas. Visando à aplicação deles em componentes mecânicos, foram caracterizadas duas camadas de DLC produzidas por deposição física de vapor (PVD/PACVD)...

2017/06/29



Determinação de parâmetros de materiais por ensaio de abaulamento

Conhecer os materiais utilizados para fabricar tubos é necessário tanto para o planejamento da manufatura da peça como para as simulações feitas pelo método de elementos finitos, sendo o ensaio de abaulamento indicado para a determinação das propriedades desses materiais...

2017/05/30



Processamento de componentes eletrônicos por meio de brasagem

A miniaturização de componentes metálicos para a fabricação de equipamentos eletrônicos é uma tendência cujo objetivo abrange processos de união por brasagem.

2017/05/29



Comportamento de tiras laminadas de cobre e alumínio durante a união a laser

Quando se une cobre e alumínio, normalmente tem-se como objetivo conseguir uma junta com as melhores propriedades elétricas possíveis. Contudo, isso leva à formação de fases intermetálicas frágeis devido à baixa solubilidade metalúrgica entre ambos os materiais.

2017/04/18



A influência da atmosfera de proteção sobre as distorções de chapas de aço soldadas pelo processo MIG/MAG

As distorções causadas pela aplicação do processo de soldagem na produção de painéis rígidos que compõem os blocos de uma embarcação constituem uma grande fonte de retrabalho em estaleiros. Com base nisso, torna-se pertinente a investigação dos efeitos que o processo de soldagem exerce sobre essas estruturas metálicas.

2017/04/17



A união sob gás de proteção na fabricação de turbinas

Este artigo trata de um sistema de soldagem a arco sob gás de proteção com folga estreita desenvolvido pela Siemens, em que o arame é guiado mecanicamente entre ambos os lados da folga,...

29/03/2017



Os efeitos da furação convencional e por escoamento em chapas de aço

Este estudo avaliou as influências dos processos de furação convencional e por escoamento em chapas de aço de alta resistência e baixa liga LN 700 com espessura de 4,25 mm.

28/03/2017



Como a composição do gás define o processo de soldagem a arco

Este artigo resume os resultados de um projeto de pesquisa sobre a influência dos gases de proteção sobre o processo de soldagem a arco aspergido. Foram discutidas as influências de gases de proteção constituídos por dois componentes...

2017/03/06



Influência do revenimento duplo sobre as propriedades de aços-ferramenta para corte a frio

O aço SAE D2 é uma das ligas mais utilizadas na indústria metalmecânica devido às suas características, principalmente em processos de conformação e corte a frio. Ele possui alta dureza e excelente estabilidade dimensional, o que dificulta a sua conformação, podendo ser submetido à têmpera convencional...

2017/03/06



VII Inventário do parque de máquinas para corte e conformação de metais

A pesquisa a partir da qual são inventariadas as máquinas-ferramenta voltadas para o corte e conformação de metais instaladas nas empresas que constam do banco de dados da Aranda Editora chega à sua 7a edição, com a apuração de dados obtidos por meio de respostas espontâneas a um questionário aplicado por via eletrônica...

2016/12/21



Uma análise dos parâmetros de puncionamento na furação de chapas

A furação de chapas realizada por puncionamento pode causar uma conicidade no furo estampado devido à folga entre punção e matriz de corte. A falta de controle dos parâmetros e as variações do diâmetro inicial e final dos furos podem inviabilizar a utilização deste método.

2016/12/21



Caracterização de juntas de aço DP600 confeccionadas por soldagem a ponto por resistência elétrica

A soldagem a ponto por resistência elétrica, uma técnica comumente usada para unir aços em aplicações automotivas, precisa ser estudada com cuidado para que sejam melhoradas as propriedades mecânicas de uniões produzidas a partir dela. O objetivo deste trabalho é caracterizar as juntas confeccionadas por soldagem a ponto por resistência elétrica de chapas de aço do tipo DP600 (bifásicos). As propriedades mecânicas das juntas soldadas foram avaliadas por meio de ensaios de cisalhamento sob tração e de tração cruzada, sendo medida a evolução da temperatura ao longo do tempo durante o ciclo de soldagem. Foram correlacionadas as microestruturas observadas em diferentes partes das juntas com os seus registros térmicos realizados por termopares. Foi constatado que as trincas iniciaram na região periférica dos botões de solda com microestrutura martensítica, sendo observado modo de falha por arrancamento. Também foi constatado durante o processo que o revenimento foi o principal fator para a queda de dureza na zona termicamente afetada (ZTA).

2016/11/24



Análise de corrosão detecta a causa de falhas em tubos de caldeiras

Este artigo aborda um processo de avaliação dos fatores que causaram a perfuração por corrosão de tubos metálicos pertencentes a uma caldeira flamotubular, que estava em estado de hibernação, e que apresentou vazamentos quando foi submetida ao teste hidrostático. Foram realizados ensaios macrográficos, micrográficos e visual, bem como uma análise do histórico da caldeira. Constatou-se que a corrosão, localizada sob depósitos, foi causada principalmente pela presença de oxigênio dissolvido, deposição de sais e descontrole do ph.

2016/11/23



Revestimento à base de pós metálicos aumenta a resistência ao desgaste de componentes

Carbetos grosseiros de tungstênio e cromo, tendo ligas metálicas como agentes ligantes, são usados na produção de revestimentos cuja deposição pode ser feita por soldagem a plasma ou a laser...

2016/10/20



Estudo testa a conformabilidade de aços avançados de alta resistência pelo método de expansão de furos

Este artigo aborda os aços avançados de alta resistência (AHSS), enfatizando as subcategorias nas quais eles são divididos, bem como as formas de processá-los...

2016/10/01