O grupo europeu Borealis, com subsidiária brasileira em Itatiba (SP), passou a usar o seu processo de reciclagem química Borcycle™ C para reinserir o polietileno reticulado (XLPE e PE-X) em seu portfólio de materiais plásticos, convertendo-o em polietileno reciclado.

 

Obtido pelo processo de pirólise e adicionado como matéria-prima nos crackers da companhia, o material apresentou adequação para aplicações de alto desempenho, podendo inclusive substituir o PE virgem na fabricação de XLPE e PE-X para uso nas indústrias de fios e cabos e infraestrutura, respectivamente.

 

O material possui certificação do ISCC Plus, concedida pela organização International Sustainability and Carbon Certification (ISCC), sediada em Colônia (Alemanha), extensiva a todo o portfólio Borcycle™ C, da companhia. Isso permite aos usuários desses materiais obter condições favoráveis de mercado pela fabricação de produtos dentro de conceitos de sustentabilidade e economia circular, com o cumprimento de metas de ESG, sem prejuízo em termos de desempenho dos produtos finais.

 

Usado em redes de cabeamento, o XLPE tem como principais atrativos a resistência e a flexibilidade na instalação. Como elemento isolante em cabos elétricos de baixa tensão, apresenta ainda um melhor balanço em termos de ciclo de vida do produto por se tratar de um material mais leve, porém mais resistente do que o polietileno convencional. Possui ainda maior tenacidade, resistência química e durabilidade sob altas temperaturas.

 

Foto: Borealis

 

 

Conteúdo relacionado:

 

Um novo destino para os resíduos de poliuretano

 

Reciclagem de resíduos eletrônicos em programa socioambiental

 

 

#Borealis

#reciclagemquímica



Mais Notícias PI



Incentivo à reciclagem em terminais rodoviários

Pontos de descarte de garrafas plásticas para troca por vale-compras e doações foram instalados em rodoviárias em São Paulo.

23/07/2024


Quadro de bicicleta de plástico reciclado é lançado na Alemanha

A Igus e a Advanced Bikes desenvolveram um quadro de bicicleta fabricado por injeção. Ele é feito em uma peça única, sem soldas, e é composto por plásticos de alto desempenho reciclados e fibras de carbono.

16/07/2024


Medição on-line assegura a qualidade do material durante o processamento

Fabricante suíça de instrumentos de medição desenvolveu um viscosímetro com módulo de medição que analisa polímeros fundidos durante a extrusão.

16/07/2024