Um acordo em prol da reciclagem de peças plásticas presentes em equipamentos eletroeletrônicos, bem como de outros materiais, foi firmado por empresas integrantes do Movimento Circular e a GM&C, companhia com atuação no setor de logística reversa de resíduos situada em São José dos Campos (SP).

 

A parceria visa promover programas de reciclagem de resíduos eletrônicos e ações que têm como premissa engajar empresas, instituições de pesquisa e ensino, estabelecimentos comerciais, entre outros, em campanhas centradas na economia circular e sustentabilidade.

 

Programas de reciclagem de plásticos provenientes de equipamentos eletrônicos serão conduzidos por empresas brasileiras

Em comunicado à imprensa, foi informado que um dos objetivos desse trabalho é aumentar o índice de reciclagem de resíduos eletrônicos e reinserção de matérias-primas, tais como resinas recicladas, no ciclo produtivo no Brasil. Isso abrange a conscientização sobre o descarte correto de equipamentos eletroeletrônicos e de baterias e pilhas em final de vida, por exemplo.

 

Para promover programas neste sentido as partes envolvidas pretendem realizar eventos e cursos para difundir conteúdo sobre reciclagem, economia circular, sustentabilidade e diversos outros temas. Isso, de acordo com Henrique Mendes, coordenador da GM&C, inclui estreitar relações entre empresas e entidades que têm interesse em apoiar e participar das ações propostas. “Com a expertise dos parceiros do Movimento Circular, temos como criar campanhas em escolas, prefeituras, empresas, entre outros, visando acelerar a implementação da logística reversa de eletroeletrônicos no Brasil”, complementou.

 

Daniel Guzzo, embaixador educacional do Movimento Circular, também comentou sobre os planos que acompanham as ações a serem realizadas: “chegamos a um ponto em que temos que escalar os conceitos que estamos desenvolvendo para fazer toda a jornada de inovação chegar até as grandes empresas, e sair do lugar de nicho. Temos que alcançar a maioria das pessoas ou não haverá tempo suficiente para a mudança”.

 

Interessados em participar do programa podem obter mais informações no site das instituições.


 

 

Imagens: GM&C, Movimento Circular e Pixabay


 

 

Conteúdo relacionado:

 

Instrumentos cirúrgicos poderão ser reciclados

 

Reciclagem de flexíveis: um desafio que vale a pena

 

#Sustentabilidade #GM&C #MovimentoCircular #PI



Mais Notícias PI



Injetora híbrida com força de 1.800 kN

Arburg vai expor injetora híbrida e com menor consumo de energia.

23/07/2024


Fabricante de embalagens se prepara para possível nova seca em Manaus

Antevendo desafios logísticos, a Extrusa Pack vai estocar matéria-prima em suas unidades na região Sudeste e é parceira na implantação de um posto de distribuição no AM.

23/07/2024


Centro técnico da Engel passa a ser equipado com injetora de alta capacidade

A fabricante austríaca de injetoras ampliou o seu centro técnico com a instalação de uma injetora de 55.000 kN de força de fechamento, desenvolvida com foco nas necessidades da indústria automobilística.

23/07/2024