Adalberto Rezende, da redação

 

 

As empresas Morlan, fabricante de gradis e telas metálicas soldadas, e Platinum Metais, distribuidora de produtos metálicos, com unidades situadas no Estado de São Paulo e no Estado do Ceará, respectivamente, estão interessadas em aumentar a sua rede de comercialização de produtos, tais como perfis e chapas de aço, no Brasil.

 

Fornecedores de tubos e perfis de alumínio pretendem aumentar sua rede de comércio

Estabelecer parcerias com empresas do setor de corte e conformação de metais também está nos planos das fornecedoras de produtos metálicos. Isso, de acordo com as companhias, é uma das etapas de uma estratégia que já completa 10 anos, e que integra um projeto que visa atender à demanda por sistemas de gradis, fabricados a partir de perfis metálicos, que são consumidos significativamente por segmentos como, por exemplo, o agronegócio, a construção civil e a indústria metalmecânica.

 

Anderson Silva, supervisor técnico de vendas da Morlan, e Gleyson Lemos, diretor comercial da Platinum Metais, forneceram explicações detalhadas à Corte e Conformação de Metais sobre investimentos em maquinário industrial feitos recentemente, bem como sobre a possibilidade de estabelecimento de novas unidades comerciais na Região Nordeste, visando fortalecer o atendimento aos seus clientes e a parceria entre ambas as partes.

 

 

 

“Para o ano de 2023, foi adquirida uma nova máquina para fabricação de gradis, o que deve aumentar significativamente a nossa capacidade produtiva, assim como a competitividade”, comentou Anderson. Segundo ele, atualmente os principais consumidores de gradis se concentram nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste, mas a empresa aposta em outras oportunidades: “vemos grande potencial em todas as regiões do País, pois trata-se de produtos que têm aplicações em diversas áreas”.

 

 

 

Gleyson complementou dizendo que “iniciamos o ano de 2023 preparados para ampliar o fornecimento de perfis metálicos. Investimos em uma nova linha de esquadrias para médio e alto padrão, que será lançada em março, e estamos analisando a possibilidade de implantar novas filiais dentro do Estado do Ceará”.

 

 

 

Falando em parcerias 

 

Os executivos fizeram sugestões sobre como as empresas do setor de corte e conformação de metais, e da indústria metalmecânica em geral, podem enviar propostas de parcerias que visem ao aumento da rede de comercialização de produtos metálicos, além de outros assuntos que possam ser do interesse de fornecedores de equipamentos e/ou serviços.

 

“Os contatos podem ser realizados pelo e-mail da Platinum Metais, por meio das nossas redes sociais ou diretamente via telefone”, comentou Gleyson Lemos. Anderson Silva concluiu dizendo que um dos objetivos da Morlan é “fortalecer cada vez mais essa cooperação, oferecendo produtos de excelência e agilidade na reposição, além de garantia de cinco anos para os produtos comercializados, que é uma condição muito importante para o consumidor final”.

 

As empresas podem ser contatadas pelos telefones 0800-055-4515 e (85) 3209-7550.

 

 

Imagens: Morlan/Platinum Metais/Anderson Silva/Gleyson Lemos

 

 

Confira mais notícias:

 

Norma brasileira vai acelerar o uso do grafeno na indústria

 

Consórcio vai aumentar o comércio de equipamentos para automação industrial

 

Software para simulação de soldagem tem novos recursos

 

#Morlan #PlatinumMetais #CorteeConformaçãodeMetais



Mais Notícias CCM



Lecar não vai mais produzir automóveis elétricos. Agora, só híbridos.

Empresa brasileira vai redirecionar esforços antes dedicados à fabricação de carros elétricos para o desenvolvimento de veículos híbridos flex, com sistema de tração elétrico.

01/07/2024


BMW inaugura estamparia de última geração para produzir carros elétricos

Estamparia com equipamentos de última geração foi inaugurada na unidade norte-americana da montadora alemã, criando mais de 200 novos empregos em áreas técnicas e operacionais.

01/07/2024


WEG anuncia investimento de R$ 69,5 milhões em inovação

Com financiamento do BNDES no valor de R$ 58 bilhões, a WEG vai investir na atualização do parque fabril, em cinco frentes de desenvolvimento tecnológico.

01/07/2024