O uso de sistemas de proteção de dados provenientes do chão de fábrica, pelos quais é possível, por exemplo, impedir acessos não autorizados a ambientes digitais conectados a linhas de produção, é um tema pertinente para a indústria metalmecânica no que tange às discussões sobre a digitalização do setor, que é uma das premissas da indústria 4.0.

 

A implantação de sistemas de cibersegurança já é uma realidade na rotina de algumas empresas do ramo de corte, conformação e estampagem de metais que se veem diante da necessidade de bloquear ataques de hackers. Isso é uma ameaça que pode paralisar operações de parques fabris e ainda causar anomalias e danos a ambientes virtuais usados por companhias dessas e de outras áreas, como soldagem automatizada.

 

Abimaq e Sindimaq divulgaram um encarte que trata da cibersegurança na indústria metalmecânicaRecentemente, a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e o Sindicato Nacional da Indústria de Máquinas (Sindimaq) publicaram um material explicativo que trata da cibersegurança na indústria de manufatura, assim como as prováveis consequências de ataques cibernéticos no setor.

 

As entidades estão divulgando a 55ª edição do encarte “Sindimaq em ação”, que tem como tema central a “Segurança cibernética: um pilar fundamental da indústria 4.0”. A publicação aborda a implantação de novas tecnologias no chão de fábrica, tais como inteligência artificial (IA), robôs colaborativos, Internet 5G, gêmeos digitais (Digital Twins), sensores industriais e realidade aumentada, além de trazer dados sobre tentativas de ataques cibernéticos no Brasil no primeiro semestre de 2022. 

 

O encarte também trata de diversos fatores que podem impactar os trabalhos, projetos e estratégias de empresas e instituições de pesquisa e ensino, como o custo de uma violação de dados. Ele está disponível para download gratuito no site da Abimaq.

 

Mais informações podem ser obtidas aqui.


 

Imagens: Abimaq/Sindimaq

 

 

Confira mais notícias:

 

Estampagem sob monitoramento

 

Mais recursos para o projeto de estampos

 

#Abimaq #Sindimaq #Indústria40 #CCM



Mais Notícias CCM



Cursos on-line do setor metalmecânico. Agenda começa em julho.

A ABM promove treinamentos cuja programação inclui conteúdo sobre estampagem, laminação, trefilação e aplicação de inteligência artificial (IA) em processos siderúrgicos.

15/07/2024


Conformação rotativa pode tornar viáveis as células a combustível

O Instituto Fraunhofer de Máquinas-Ferramenta e Tecnologia de Conformação (IWU) anunciou o desenvolvimento de um sistema rotativo para estampagem das finíssimas chapas metálicas usadas na montagem de placas bipolares que compõem as células a combustível. A novidade poderá reduzir os custos de produção dessas células, com impacto no mercado da mobilidade elétrica, tendo em vista que elas substituem as baterias.

15/07/2024


Prensas dobradeiras hidráulicas

Empresa brasileira comercializa prensas dobradeiras hidráulicas com força de 1.500 toneladas fabricadas em Portugal.

15/07/2024