A Confederação Nacional da Indústria (CNI) abriu inscrições para a nova fase do Programa Aliança 2.0, que a partir de uma chamada pública vai selecionar projetos voltados para a implantação de sistemas e/ou processos centrados na eficiência energética de plantas industriais como, por exemplo, do ramo de corte, conformação e soldagem de chapas, tubos e perfis metálicos.

 

CNI inicia chamada pública para inscrição de projetos sobre eficiência energética

Além da CNI, estão à frente do programa a Eletrobras, pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), e a Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace). A previsão é que sejam selecionadas 24 companhias.

 

Por meio de comunicado à imprensa, foi informado que o prêmio que será concedido a cada uma das empresas escolhidas é de R$ 400 mil. Também foi divulgado que a realização das etapas dos projetos selecionados deverá ser feita em conformidade com diretrizes determinadas pelas instituições que encabeçam o projeto, bem como com o acompanhamento de equipes técnicas que as integram.

 

Essa é a primeira vez que o programa, que acontece desde 2015, terá uma chamada pública. Segundo Davi Bomtempo, gerente-executivo de meio ambiente e sustentabilidade da CNI, isso tem como objetivo “expandir o atendimento a empresas de todas as regiões do Brasil”.

 

Outro detalhe é que o programa abre espaço para a apresentação de propostas que vão além da redução de custos com energia no chão de fábrica. 

 

Alguns exemplos disso foram mencionados por Renata Falcão, superintendente de Programas de Governo da Eletrobras. De acordo com ela, são muito bem-vindas sugestões para a otimização de, por exemplo, “sistemas térmicos; a questão do fortalecimento da cultura da eficiência energética; a aproximação da universidade e da indústria; a atuação sinérgica com os sistemas térmicos e motrizes; a coparticipação das indústrias também em termos financeiros; e a adoção de acordo voluntários”.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3040-3860 ou pelo e-mail encarregadolgpd@cni.com.br. 

 

 

Imagens: Pixabay

 

 

Confira mais notícias:

 

Nanojuntas promovem aproveitamento de material no corte a laser

 

Sistema digital para controle do processamento de metais feito no Brasil

 

#CNI #Eletrobras #Abrace #CCM



Mais Notícias CCM



Nova unidade da Igus vai promover a automação de baixo custo

Um centro de automação foi inaugurado pela empresa alemã em Joinville (SC) para promover a disseminação do uso de sistemas robóticos em tarefas industriais.

11/07/2024


Lecar não vai mais produzir automóveis elétricos. Agora, só híbridos.

Empresa brasileira vai redirecionar esforços antes dedicados à fabricação de carros elétricos para o desenvolvimento de veículos híbridos flex, com sistema de tração elétrico.

01/07/2024


BMW inaugura estamparia de última geração para produzir carros elétricos

Estamparia com equipamentos de última geração foi inaugurada na unidade norte-americana da montadora alemã, criando mais de 200 novos empregos em áreas técnicas e operacionais.

01/07/2024