O programa computacional de realidade aumentada (RA) MixedReality, desenvolvido para a simulação em tempo real de processos produtivos realizados em células robóticas, foi lançado pela Kuka, com sede na Alemanha e filial brasileira na cidade de São Bernardo do Campo (SP).

 

Esse software é recomendado para empresas do setor de plásticos que pretendem fazer, por exemplo, implementações em suas linhas de produção, ou realizar ensaios virtuais de procedimentos industriais que envolvem o uso de células robotizadas, tais como inserção de insertos em molde acoplado à injetora, bem como extração de peças plásticas de extrusoras, entre outros processos.

 

Conforme informações fornecidas à imprensa, os usuários podem visualizar as simulações por meio de smartphones e tablets a partir da instalação de um aplicativo, podendo também acessar uma plataforma de suporte técnico. O software também é indicado para processos de manutenção preditiva e ensaios para detecção de riscos e/ou anomalias que eventualmente possam ocorrer durante as operações, incluindo prevenção de acidentes causados por colisão entre partes móveis e otimização da produção.

 

Foi divulgado pela empresa que a instalação do aplicativo para acesso ao MixedReality por dispositivos móveis pode ser feita gratuitamente pela Apple App Store ou Google Play Store. Além disso, para instalar o pacote de tecnologia MixedReality Safe no controlador do robô, juntamente com um dos pacotes de tecnologia Kuka SafeOperation para ativação de funções de segurança, não é necessário contar com um headset de AR ou hardware adicional.

 

A Kuka pode ser contatada nesta página. Em nosso site você confere mais conteúdo sobre robótica industrial e inteligência artificial, além de tecnologias facilitadoras para a Indústria 4.0.

________________________________________________________________________

Assine a PI News, a newsletter semanal da Plástico Industrial, e receba informações sobre mercado e tecnologia para a indústria de plásticos. Inscreva-se aqui.

___________________________________________________________________

 

Imagem: Kuka/Divulgação.

 

Mais notícias:

 

Startup quer tornar a robótica colaborativa mais acessível

 

Injetoras com IA, um novo passo da Chen Hsong e da MAP Intelligence

 

#Kuka #PlásticoIndustrial #MixedReality



Mais Notícias PI



Braskem estuda usar fornos elétricos para craqueamento

Parceria da Braskem e Lummus envolve a realização de testes e análises de desempenho em unidades de craqueamento da petroquímica brasileira, visando à descarbonização desta etapa da produção.

30/04/2024


Do flake ao produto final. Linha da Engel conjuga extrusão e injeção de material reciclado.

Processo de dois estágios elimina a regranulação e a refusão do material reciclado destinado à fabricação de produtos injetados. O objetivo é obter ganhos relativos a custos de produção e logística interna para as empresas que reciclam suas sobras de processo e também para as que compram reciclados no mercado.

02/04/2024


Associações norte-americana e alemã juntas pelo padrão OPC-UA na indústria de plásticos

Durante a próxima edição da feira NPE, que acontece em maio, nos Estados Unidos, a associação de construtores de máquinas da Alemanha vai alinhar estratégias com a entidade que representa a indústria de plásticos nos Estados Unidos, visando à adoção do protocolo de comunicação OPC UA para o maquinário do setor de plásticos.

26/03/2024