Adalberto Rezende, da redação.


 

Um robô industrial chamado Robios Cargo foi desenvolvido pela Human Robotics, empresa especializada na fabricação de autômatos com sede em Curitiba (PR). O modelo pode transportar cargas com peso de até 50 kg e atuar de forma autônoma em parques fabris, e também conta com bandejas ajustáveis, sendo indicado para trabalhos que envolvam a movimentação de peças plásticas extraídas de moldes em operação em injetoras, por exemplo.

 

Em entrevista concedida à Plástico Industrial, o fundador e CEO da companhia, Olivier Smadja, e a coordenadora de marketing, Larissa Felix, comentaram sobre algumas das características do novo robô, o qual pode receber comandos por voz e ser controlado por dispositivos eletrônicos como joystick, o que dependerá do tipo de programação estabelecida e do trabalho a ser realizado.


Outro detalhe do Robios é a sua interface amigável que, além de contar com tela sensível ao toque (touch screen), consiste em um monitor onde são reproduzidos os traços estilizados de um rosto humano, como é mostrado na imagem abaixo, ao lado de Olivier. O CEO comentou que este projeto foi desenvolvido visando ao “fortalecimento da empatia entre as equipes de profissionais que vão utilizar o robô, de forma que ele seja considerado um membro do time e não apenas um equipamento”.


Sensores para detecção de obstáculos e sistema de segurança para parada imediata também fazem parte da configuração do robô. Larissa explicou que ele pode operar integrado a sistemas de CRM e softwares, assim como a sistemas de identificação por radiofrequência (RFID), entre outros. Os entrevistados também disseram que o novo robô pode operar em ambientes com temperatura de -5 a 50 ºC e tem bateria com autonomia de 12 horas.

 

A empresa fornece uma estação de recarga, para onde o Robios vai sozinho assim que detecta a proximidade do fim da carga de sua bateria, o que requer um tipo de programação específica.

 

Robôs capazes de carregar até 150 kg

 

A Human Robotics está trabalhando no desenvolvimento de robôs em versões com capacidade para transportar peças com peso de 100 e 150 kg. De acordo com Olivier, os clientes podem contar com treinamento e serviços de assistência técnica, e também podem consultar a companhia sobre a realização de testes no chão de fábrica.

 

“Providenciamos ensaios no ambiente fabril para mostrar para o cliente que a nossa solução pode atender às suas necessidades. Assim, podemos implantar um robô lá e deixar que ele opere por alguns meses, por exemplo”, concluiu.

 

Imagens: Human Robotics/Divulgação.

___________________________________________________________________________

Assine a PI News, a newsletter semanal da Plástico Industrial, e receba informações sobre mercado e tecnologia para a indústria de plásticos. Inscreva-se aqui.

___________________________________________________________________________

 

Mais conteúdo:

 

Circularidade dos plásticos. O que esperar depois dos desafios de 2023

 

Robôs industriais. Dicas de manutenção preventiva

 

#HumanRobotics #PlásticoIndustrial #Robô #Mercado



Mais Notícias PI



Centro técnico da Engel passa a ser equipado com injetora de alta capacidade

A fabricante austríaca de injetoras ampliou o seu centro técnico com a instalação de uma injetora de 55.000 kN de força de fechamento, desenvolvida com foco nas necessidades da indústria automobilística.

23/07/2024


Automação de baixo custo é o foco da nova unidade da Igus no Brasil

A empresa alemã inaugurou um centro de automação em Joinville (SC) para promover a disseminação do uso de sistemas robóticos em tarefas industriais.

05/07/2024


Empresas de extrusão buscam atualização tecnológica

Ênfase no atendimento ao setor de embalagens e interesse por tecnologias habilitadoras da indústria 4.0 são tendências entre as empresas que processam materiais plásticos usando o processo de extrusão.

01/07/2024