A Quimatic Tapmatic, com unidade em São Paulo (SP), divulgou o lançamento de sua resina epóxi chamada Plasteel Titanium, que pode ser utilizada para reparar componentes metálicos e também moldes para processamento de plásticos e/ou ferramental em geral usado nessa área.

 

O produto consiste em uma resina bicomponente reforçada com titânio que apresenta alta resistência a temperaturas em uma faixa de 175 a 200 °C,  à compressão (até 103 MPa) e à ação de agentes químicos, sendo pouco suscetível à oxidação tipicamente causada por produtos desse tipo.

Material reforçado com titânio é indicado para reparos em peças metálicas

 

A resina é indicada para trabalhos de reparo e/ou recuperação de peças e componentes que sofreram danos como rachaduras ou trincas. No entanto, conforme a empresa orientou, se faz necessário consultar as características técnicas do material usado para confeccionar o ferramental a ser reparado e também fatores como temperatura à qual a área será submetida posteriormente e preparação da superfície, visando à obtenção de um bom desempenho da resina.

 

Daniela Strebinger, engenheira química da Quimatic Tapmatic, falou mais sobre a resina: “Ela chega com a proposta de levar a qualidade dos reparos de solda a frio a um novo patamar. Assim, a indústria não só garante reparos extremamente duráveis para seus equipamentos como também poderá ampliar o leque de opções de manutenção com o material”.

 

Outra característica do produto é que ele não é inflamável, bem como é livre de componentes orgânicos voláteis (VOC). Ainda de acordo com a companhia, a resina é certificada pelo Instituto Bureau Veritas. Ela será comercializada em kits contendo 366 g de resina e 84 g de agente endurecedor. Um exemplo de aplicação da nova resina divulgado em comunicado à imprensa dizia respeito ao reparo de um eixo (foto).

 

Mais informações podem ser obtidas aqui.

 

Imagens: Quimatic Tapmatic

 

Conteúdo relacionado:

Material cerâmico dá origem a desmoldante semipermanente para peças injetadas

Bioplástico para aplicação sob alta temperatura em motores

 

#QuimaticTapmatic #MoldeseMatrizes #ResinaEpóxi #Plásticos



Mais Notícias PI



Novos polímeros com grafeno, mais resistentes e sustentáveis

Parceria entre a Gerdau Graphene e a unidade Embrapii Senai Mario Amato terá foco na pesquisa, desenvolvimento e inovação para aplicações industriais do grafeno em plásticos.

18/01/2022


Poluição marinha por plásticos em debate

A AMI promove gratuitamente o evento virtual “Ocean Plastic”, que falará sobre como encontrar maneiras de resolver o problema da poluição marinha por plásticos.

17/01/2022


Sachês pós-consumo transformados em itens esportivos

Projeto que integra a Boomera e a marca Nescau resultou na reciclagem de resina pós-consumo, proveniente de embalagens flexíveis, em itens esportivos, os quais foram doados a organização beneficente.

14/01/2022