A Sabic, fabricante saudita de materiais poliméricos, apresentou seus novos grades de PP e PC/PET, todos com conteúdo reciclado e voltados especificamente para aplicações na indústria de automóveis, os quais estão dentro da linha Trucircle, um portfólio de medidas, soluções e serviços em prol da circularidade dos materiais plásticos.

 

De acordo com a companhia, todos os três novos materiais contêm até 29% de conteúdo reciclado e oferecem altos índices de desempenho, semelhantes aos das suas respectivas resinas virgens, proporcionando aos clientes (projetistas, fabricantes e transformadores) do setor automobilístico novas opções que podem auxiliá-los a atingir seus objetivos de sustentabilidade.

 

O primeiro dos três novos grades é o Sabic T2E-3320EH, um composto de polipropileno (PP) com talco que, segundo a companhia, apresenta boa rigidez, baixas emissões e alta resistência ao calor se empregado em componentes não visíveis do sistema de aquecimento, ventilação e ar-condicionado dentro do painel de instrumentos, bem como em partes internas e sob o capô. Em uma avaliação do ciclo de vida interno citada pela companhia, o novo composto demonstrou uma pegada de carbono até 24% menor, em comparação ao PP virgem correspondente, porque incorpora 25% de material reciclado.

 

Os outros dois lançamentos são blendas de policarbonato (PC) com poli(tereftalato de etileno) (PET). A resina Xenoy T2NX 2500UV é uma mistura de PC/PET não preenchida, estabilizada contra raios UV e que contém 21% de PET reciclado em sua composição. Dentre suas principais vantagens, a saudita destaca o bom desempenho contra impacto sob altas temperaturas, boa estabilidade dimensional e baixo encolhimento para painéis externos pintados, portas e acabamento do tanque de combustível, por exemplo. Também é estabilizado contra raios ultravioleta para uso potencial em aplicações sem pintura.

 

E, por fim, a resina Xenoy T2NX 5230, uma mistura de PC/PET que contém 16% de preenchimento mineral e que possui 29% de PET reciclado em sua composição. Semelhante ao anterior, esse grade oferece um pacote de propriedades que o tornam uma solução potencial para painéis de carroceria pintados e peças de acabamento, entre outros componentes. Entretanto, o reforço proporciona maiores índices de rigidez e menor coeficiente de expansão térmica linear, tornando-o um bom candidato para spoilers de teto e acabamento externo.

 

 

Segundo Abdullah Al-Otaibi, gerente geral, ETP & Market Solutions, da Sabic, “Esses novos produtos são os primeiros de muitas resinas a serem introduzidos com conteúdo reciclado mecanicamente para uso potencial em aplicações automotivas internas e externas. Eles também podem complementar outros tipos de materiais sustentáveis, como produtos renováveis certificados de conteúdo de base biológica, que também estamos desenvolvendo. Tudo isso faz parte da estratégia da companhia para acelerar em direção a uma verdadeira economia circular”.

 

Impacto ambiental

O lançamento dos novos grades faz parte das soluções e serviços da companhia direcionados ao aumento dos seus índices de sustentabilidade e circularidade. A proposta da Sabic para o futuro é que os materiais plásticos não sejam descartados no meio ambiente no seu fim de vida, mas  sejam reutilizados e transformados em novos produtos.

 

O portfólio Trucircle inclui iniciativas voltadas para a economia circular, tais como:


 

 

(Foto: Sabic e Pixabay)

#pp #pc/pet #blenda #automotivo #materialreciclado

 

Conteúdo relacionado:

As vantagens do plástico no ramo automobilístico

Plásticos serão essenciais na transição para a mobilidade elétrica



Mais Notícias PI



Polímeros de alto desempenho usados em sensores de veículos autônomos

Companhia desenvolve um novo conceito para sensores de radar em veículos autônomos, com gerenciamento térmico integrado, graças ao uso de material híbrido.

07/10/2021


Projeto usa microondas e soldagem a laser para obter compósitos recicláveis voltados à indústria de transportes

Usando novos materiais e processos de fabricação, projeto liderado pelo instituto Aimplas ajuda a produzir veículos mais leves e menos poluentes sem aumentar os custos.

04/10/2021


Bioplástico para aplicação sob alta temperatura em motores

Instituto pesquisa como aplicar bioplástico como substituto aos materiais de origem fóssil em peças para compartimento do motor que são submetidas a altas temperaturas.

21/09/2021