A Sepro, empresa fabricante de equipamentos para automação industrial que tem matriz na França e escritório comercial em Jundiaí (SP), concluiu o projeto de modificação da linha Success de braços robóticos indicados para operações em conjunto com máquinas injetoras.

Equipamentos para automação de injetoras ganham repaginada

 

O trabalho de reconfiguração consistiu na mudança de algumas características técnicas e no design dos equipamentos, que são comercializados em versões de 3 ou 5 eixos, o que incluiu aumento do curso do braço para 200 mm. Essa modificação permite uma melhor manipulação de peças feitas com materiais plásticos no momento em que elas estão sendo extraídas de cavidades de moldes, por exemplo.

 

 

Além disso, os modelos passaram a contar com rolamentos especiais capazes de operar em cursos contínuos de longa duração, os quais apresentam maior resistência à ação de agentes contaminantes como poeira, e que ainda contribuem para o processamento de cargas com diferentes pesos, distribuindo o peso de forma mais suave e uniforme em relação aos rolamentos lineares tradicionais.

 

Segundo informações da empresa, aos equipamentos ainda pode ser acoplado um dispositivo chamado de “punho”, que se movimenta em dois eixos e que conta com sistema de servoacionamento, desenvolvido em parceria com a Yaskawa Motoman.

 

“O punho full-servo pode ser facilmente adaptado com comandos digitais simples, garantindo maior flexibilidade e trocas mais rápidas”, disse Claude Bernard, diretor de marketing de produto da Sepro, se referindo à extração de peças de moldes e/ou troca de ferramentas que podem ser acopladas aos braços robóticos.

 

Mais informações podem ser obtidas aqui. Acesse os nossos guias de robôs manipuladores e de robôs pick and place e saiba mais sobre a oferta desses e de muitos outros equipamentos que são fornecidos no Brasil.

 

 

Foto: Sepro

 

Conteúdo relacionado:

Novo projeto vai testar redes 5G no chão de fábrica

Novo centro de inspeção robótica de peças plásticas em SP

 

#Sepro #YaskawaMotoman #BraçosRobóticos #Automação #Plásticos



Mais Notícias PI



Equipamento usa microssondas para inspecionar tubos plásticos

Escâner 3D faz medição sem contato e pode detectar trincas ou porosidade em superfícies internas e externas de tubos.

08/10/2021


Robôs para injetoras chegam ao Brasil

Empresa passou a comercializar autômatos auxiliares indicados para processos de injeção de plásticos.

05/10/2021


Cada caso, uma garra

Especialista do segmento de robótica fez recomendações quanto à especificação do tipo de garra mais adequada à manipulação de peças plásticas em sistemas automatizados.

05/10/2021