O Instituto Mauá de Tecnologia (IMT), em São Caetano do Sul (SP), passou a contar com uma unidade móvel voltada para o desenvolvimento de projetos multidisciplinares, a qual ocupa um espaço de aproximadamente 200 metros quadrados e que conta com equipamentos de corte a laser, prototipagem (impressão 3D) e máquinas de usinagem.

Trata-se do Fab Lab Móvel Mauá, o qual integra a Rede Global de Fab Labs (Fab Foundation), com laboratórios e espaços dedicados à cultura maker – termo do inglês que pode ser usado para denominar trabalhos de criação, construção ou fabricação de produtos, que também é relacionado à manufatura aditiva (impressão 3D), por exemplo.

 

A proposta, conforme informações fornecidas à imprensa, é proporcionar um espaço que reúna ideias de diferentes setores ligados à indústria de manufatura e à academia, além de áreas como, por exemplo, automação industrial, Indústria 4.0, reciclagem e sustentabilidade.

 

Isso inclui a participação da comunidade local, visando ao desenvolvimento de projetos que atendam à demanda de espaços urbanos. Claudia Facca, professora de design e coordenadora do 1961 Design Studio, instituição responsável pela idealização e implementação do novo laboratório, comentou mais sobre este assunto: “No laboratório móvel poderão ser realizadas oficinas, treinamentos, apresentações e eventos com todo o suporte de técnicos, professores e monitores da Mauá”. 

 

O projeto conta com o apoio da prefeitura de São Caetano do Sul. Mais informações podem ser obtidas no site do IMT.

 

 

Imagem: IMT/Divulgação.

 

Leia também:

 

Soldagem MIG/MAG de chapas de aço ARBL com uso de delineamento Box-Behnken

 

Carros elétricos: uma nova perspectiva para fornecedora de tubos de aço inox

 

Retrofit na construção civil traz oportunidades para o setor de estruturas metálicas

 

#IMT #FabLabMóvelMauá #CorteeConformaçãodeMetais



Mais Notícias CCM



Analisador portátil identifica ligas metálicas instantaneamente

Novos modelos de analisadores portáteis permitem a identificação de elementos de liga em metais de forma rápida e com recursos de conectividade.

15/07/2024


Conformação rotativa pode tornar viáveis as células a combustível

O Instituto Fraunhofer de Máquinas-Ferramenta e Tecnologia de Conformação (IWU) anunciou o desenvolvimento de um sistema rotativo para estampagem das finíssimas chapas metálicas usadas na montagem de placas bipolares que compõem as células a combustível. A novidade poderá reduzir os custos de produção dessas células, com impacto no mercado da mobilidade elétrica, tendo em vista que elas substituem as baterias.

15/07/2024


Estampagem a quente e recursos digitais serão mostrados pela Schuler na EuroBLECH

Fabricante de prensas vai expor tecnologia para estampagem a quente e união de chapas por temperatura e pressão na feira alemã EuroBLECH de 2024.

15/07/2024