A versão 15.1 do software de agrupamento para corte por jato d´água ProNest LT passou a ser oferecida por assinatura pelo grupo Hypertherm Associates, com matriz nos Estados Unidos e unidade brasileira em Guarulhos (SP).

 A assinatura será comercializada em duas modalidades, as quais são denominadas “ProNest LT Omax” e “Jato de Água ProNest LT Plus”. A primeira abrange recursos para a otimização do agrupamento de peças e para corte, reto ou convencional, de chapas em máquinas que usam jato de água. Já a segunda, consiste em pacotes que reúnem recursos para corte de chapas tanto por jato de água quanto por plasma ou oxicorte.

 

Trata-se de pacotes que, de acordo com informações fornecidas à imprensa, possibilitam que os clientes adicionem recursos à suíte de acordo com as suas necessidades. Tom Stillwell, gerente de marketing de produto da companhia, comentou mais sobre este assunto: “o ProNest LT usa algoritmos avançados de agrupamento de peças que podem ajudar os clientes a aumentar a eficiência de seus processos de corte, obter o máximo de seu material e reduzir os custos”.

 

No que diz respeito ao desenvolvimento de soluções para o setor de corte de chapas metálicas por plasma e jato de água, a Hypertherm pretende continuar alinhando o seu trabalho com resultados obtidos a partir de pesquisas realizadas nessa área. Este foi um dos assuntos comentados por Edson Urtado, gerente de produtos da Hypertherm Associates no Brasil, e Miguel Cervantes, gerente regional de vendas da Omax, companhia focada na comercialização de máquinas de corte por jato de água situada nos Estados Unidos, a qual integra o mesmo grupo.

 

Em entrevista concedida à Corte e Conformação de Metais, Edson deu como exemplo de solução desenvolvida a partir de pesquisas feitas no ramo metalmecânico a linha Powermax Sync de sistemas de corte, que conta com tecnologia presente nas tochas capaz de coletar e transmitir dados de processo por radiofrequência, e em tempo real, que foi um dos destaques da empresa na Expomafe. Ele complementou dizendo que “um dos fatores que contribuíram para o desenvolvimento deste produto foi a constatação da ausência de mão de obra qualificada”. A imagem mostra um esquema comparativo da série de equipamentos Powermax Sync e outros produtos.

 

Miguel, que também concedeu entrevista, comentou que um dos pilares da Omax é a otimização de processos produtivos que envolvam o uso de corte por jato de água, visando atender a demanda de setores que consomem significativamente serviços deste tipo como, de acordo com o executivo, o aeroespacial. Ele também mencionou que a clientela do ramo de produtos metálicos de porte muito pequeno, tais como de mini componentes e diversos itens, ainda “demanda muitos serviços de corte por jato de água porque eles precisam de peças cujas paredes apresentem um tipo de acabamento que este tipo de processo pode proporcionar”.


Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 2409-2636 e pelo e-mail miguel.cervantes@omax.com. 


 

Imagens: Hypertherm Associates, Corte e Conformação de Metais.


 

Mais notícias:

 

Nova edição do Enafer será realizada no Senai

 

Produção será prioridade nos investimentos da indústria

 

Digitalização aplicada ao curvamento de perfis

 

#Hypertherm #Omax #Software #CorteeConformaçãodeMetais



Mais Notícias CCM



Lecar não vai mais produzir automóveis elétricos. Agora, só híbridos.

Empresa brasileira vai redirecionar esforços antes dedicados à fabricação de carros elétricos para o desenvolvimento de veículos híbridos flex, com sistema de tração elétrico.

01/07/2024


BMW inaugura estamparia de última geração para produzir carros elétricos

Estamparia com equipamentos de última geração foi inaugurada na unidade norte-americana da montadora alemã, criando mais de 200 novos empregos em áreas técnicas e operacionais.

01/07/2024


WEG anuncia investimento de R$ 69,5 milhões em inovação

Com financiamento do BNDES no valor de R$ 58 bilhões, a WEG vai investir na atualização do parque fabril, em cinco frentes de desenvolvimento tecnológico.

01/07/2024