A soma de 5,5 bilhões de garrafas feitas de poli(tereftalato de etileno) (PET) recicladas pela Trisoft levou à produção de novas matérias-primas que são usadas na fabricação de revestimentos para tratamento acústico de ambientes como, por exemplo, espaços para descanso em plantas industriais e estúdios de gravação. Um exemplo é mostrado na imagem abaixo.


Esses dados foram divulgados pela companhia, que também informou à imprensa que o volume de garrafas PET recicladas em suas linhas de produção em 2023 chegou a 400 milhões de unidades.


As garrafas são recolhidas por catadores que trabalham em parceria com a empresa, sendo, a partir daí, submetidas à lavagem e, em seguida, são destinadas à moagem, para a obtenção dos flakes que serão reinseridos na cadeia produtiva. Eles são transformados em lã de PET.


O CEO da Trisoft, Maurício Cohab, comemorou a nova marca alcançada: “Compartilhamos esse número, 5,5 bilhões de garrafas PET retiradas do meio ambiente e reinseridas na produção, com grande satisfação. O material obtido pela reciclagem das garrafas desempenha um papel crucial na construção de uma arquitetura cada vez mais alinhada com as demandas das cidades”. 

___________________________________________________________________________

Assine a PI News, a newsletter semanal da Plástico Industrial, e receba informações sobre mercado e tecnologia para a indústria de plásticos. Inscreva-se aqui.

___________________________________________________________________________

 

Imagens: Trisoft/Divulgação.

 

Mais notícias:

 

Reciclagem de tampas plásticas em prol dos animais

 

Blocos de plástico reciclado da Fuplastic foram usados na construção de aviário

 

#Trisoft #PlásticoIndustrial #PETreciclado



Mais Notícias PI



Economia circular e embalagens serão temas de palestras

Masterclass promovida pelo Conecta Verde acontece na sede da Abiplast, com apresentações de especialistas de áreas ligadas ao ramo de plásticos.

11/06/2024


Covestro adquire participação na BioBTX e aposta na reciclagem química

Empresa holandesa que recupera matérias-primas por meio da reciclagem de resíduos mistos recebeu aporte de capital que permitirá o lançamento de uma planta em escala industrial, com entrada em produção prevista para 2027.

03/06/2024


Equipamento retira automaticamente arames de fardos de material reciclável

Sistema desenvolvido pela alemã Stadler remove os arames oriundos da amarração de fardos de resíduos antes que o material seja encaminhado para triagem.

28/05/2024