A Husky (Canadá) e a Origin Materials (EUA) anunciaram o desenvolvimento conjunto de preformas e garrafas sopradas com o material de base biológica ácido furanodicarboxílico (FDCA).

 

Polimerizado pela Origin, o FDCA, de fonte renovável, foi adicionado ao poli(tereftalato de etileno) (PET) convencional, resultando em um polímero híbrido denominado PET/F.

 

As preformas foram sopradas e transformadas em garrafas nos equipamentos da fabricante canadense, simulando-se um processamento em escala comercial que teve por objetivo demonstrar a viabilidade técnica da fabricação das garrafas.

 

A Origin espera desenvolver em escala e comercializar uma família de polímeros PET/F de base 100% biológica e totalmente reciclável, com desempenho comparável ou superior ao do PET derivado do petróleo. De acordo com o comunicado de imprensa da companhia, propriedades de barreira e desempenho mecânico podem ser ajustáveis, com a previsão de vida útil dos frascos sendo estabelecida por fatores como condições de fabricação e quantidade de copolímero FDCA presente na formulação.

 

FDCA, quem é você?

 

O FDCA é um bloco de construção química com diversas aplicações, incluindo poliésteres, poliamidas, poliuretanos, resinas de revestimento e plastificantes, com promissoras aplicações no segmento de embalagens. É também o precursor do polímero sustentável PEF (polietileno furanoato), que possui uma atraente combinação de sustentabilidade e benefícios de desempenho para embalagens. O PEF desenvolvido pela Origin deverá ter 100% de base biológica, ser totalmente reciclável e ofereçer uma pegada de carbono reduzida, com boa resistência, propriedades térmicas e de barreira comparáveis às de materiais convencionais à base de petróleo.

 

 

 

Foto: Business Wire

 

 

Conteúdo relacionado:

 

Como os bioplásticos podem contribuir para o armazenamento de CO2

 

Método determina a necessidade de readitivação dos plásticos reciclados



Mais Notícias PI



ERT Bioplásticos tem novo conselho administrativo

À equipe da greentech ERT Bioplásticos foram integrados executivos que atuaram em empresas como Braskem e Rico Investimentos.

18/06/2024


Certificações levam à fabricação de mais produtos compostáveis

Bioplásticos à base de calcário recebem certificação que permite a produção de embalagens rígidas e itens de uso único compostáveis.

21/05/2024


Fabricante sueca de bioplásticos vai expandir presença mundial

Um novo aporte de recursos financeiros vai custear a atuação da Gaia Biomaterials em novos mercados, incluindo as Américas.

09/04/2024