A Rayflex, empresa que desenvolve portas rápidas para parques fabris, incluindo os de transformação de resinas termoplásticas, tem apresentado um aumento em torno de 20% nos últimos anos, com expectativa de repetir este resultado em 2023. A empresa, com unidade fabril em Mogi das Cruzes (SP), é atualmente dirigida pela CEO Giordania R. Tavares e detém 35% do mercado de portas industriais no País. Dentre os modelos que a empresa produz, predominam os confeccionados com lonas de poli (cloreto de vinila) (PVC) contendo visores transparentes no mesmo material.

 

Giordania comentou sobre alguns desafios da liderança feminina no meio industrial e da participação de mulheres no mercado de trabalho em geral: “Em todo o mercado de trabalho há uma desvalorização social da mulher, resultando em desencorajamento e poucas oportunidades de crescimento na carreira, o que torna muito rara a atuação delas em grandes cargos. Fora da Rayflex, vejo que ainda existe o estigma de que nós, mulheres, somos incapazes. Em alguns momentos, há dificuldade de aceitação do posicionamento feminino, como ocorre também no setor industrial”. 


 

Entretanto, a executiva salientou que “não há a necessidade de desvalorização do homem, porque o que realmente precisamos é de igualdade. Por isso, não podemos parar de estimular a troca de conhecimento sobre a igualdade de gênero. Somente com o diálogo vamos conscientizar as pessoas de que alguns comportamentos não funcionam mais em um convívio sadio em sociedade”.

 

 

O contato com a Rayflex pode ser feito pelos e-mails compras@rayflex.com.br e rh@rayflex.com.br


 

Imagens: Rayflex/Giordania R. Tavares/Divulgação


 

Leia também:

 

Ferramentarias em busca de qualificação

 

Estudo Sobre o reaproveitamento de Poliuretano Fundido / Termofixo como carga

 

Como os plásticos estão se tornando aliados da produtividade no campo

 

#Rayflex #LiderançaFeminina #PlásticoIndustrial



Mais Notícias PI



A Lecar não vai mais produzir carros elétricos, mas sim híbridos.

Montadora brasileira vai redirecionar esforços antes dedicados à fabricação de carros elétricos para o desenvolvimento de veículos híbridos flex, com sistema de tração elétrico.

01/07/2024


Empresas de extrusão buscam atualização tecnológica

Ênfase no atendimento ao setor de embalagens e interesse por tecnologias habilitadoras da indústria 4.0 são tendências entre as empresas que processam materiais plásticos usando o processo de extrusão.

01/07/2024


Consumo de PVC aumentou entre 2022 e 2023

Pesquisa do IBPVC e da MaxiQuim revelou que o consumo aparente de PVC no País, nos dois últimos anos, passou de 1.024 para 1.122 toneladas.

25/06/2024