Um levantamento realizado por Plástico Industrial no segmento de poli(tereftalato de etileno) (PET) para a elaboração do guia anual do setor mostrou que cerca de 45,46% das empresas que atuam nessa área notaram aumento da procura por esse polímero para a produção de frascos para o acondicionamento de álcool em gel e demais produtos de higiene e limpeza em decorrência da pandemia de Covid-19. Segundo elas, a demanda aumentou, em média, em 56%.

Estudo mostra crescimento da demanda por frascos e embalagens plásticas para produtos antivirais

 

Além disso, as participantes contaram que o segmento de produtos de higiene e limpeza é o atual maior consumidor de seus produtos, sendo o comprador de 29,09% do volume produzido, ultrapassando o ramo de bebidas que até então liderava esse ranking, e agora ocupa o segundo lugar com 27,27%.

Em seguida aparecem os setores alimentício, farmacêutico e de cosméticos representando, respectivamente, 22,27%, 10,91% e 10,46% dos consumidores de produtos feitos em PET.

 

 

Por meio da pesquisa também foi constatado a partir de informações fornecidas pelas companhias entrevistadas que entre os seus clientes do ramo de bebidas os da categoria “outros” – fabricantes de embalagens termoformadas, produtores de matéria-prima reciclada e de aditivos para aplicações técnicas industriais, por exemplo – passaram a ser consumidores de 29,09% dos produtos que comercializam, superando os fornecedores de refrigerantes que agora representam 22,27%. De acordo com as participantes, eles são seguidos pelos fornecedores de água, 16,36%, bebidas alcoólicas, 13,81%, de sucos e chás, 10,46%, e de isotônicos e energéticos, 8,1%.

 

Quando questionadas como a sua carteira de clientes é composta atualmente, as empresas pesquisadas responderam da seguinte maneira: 59,45% são empresas que sopram PET para terceiros, em instalações próprias; 23% correspondem a companhias que sopram frascos de PET para acondicionar produtos próprios; e 17,55% representam empresas que realizam trabalhos nas instalações do cliente (in house).

 

Mais informações sobre máquinas de sopro para a área de plásticos e aditivos e cargas para adição à formulação desses materiais estão disponíveis em nossos guias. Confira também artigos técnicos que abordam assuntos relacionados ao processamento de PET.

 

Imagem: Pixabay

 

Conteúdo relacionado:

Otimização de sistema de canais quentes para a produção de pré-formas de PET

Chillers modulares dão flexibilidade ao projeto de linhas de produção

 

#PET #Pesquisa #Guias #Embalagens #Plásticos #Covid-19



Mais Notícias PI



Aumenta a procura por geradores de energia para o chão de fábrica

Planejamento e reserva de recursos para implantação de geradores de energia elétrica em parques fabris estão entre as estratégias para enfrentar a crise hídrica e o aumento de tarifas.

24/08/2021


Comércio digital movimenta novos negócios no ramo de EPS

Embalagens feitas em poliestireno expandido passaram a ser muito consumidas por fornecedores de bebidas e de artigos frágeis, como louças e cristais, que vendem seus produtos por meio de e-commerce.

17/08/2021


Mercado em alta para filmes de PP

Consultoria britânica divulga estudo que constata o aumento do interesse por filmes de PP processados por coextrusão plana (cast). Entre os atrativos do material estão resistência e facilidade de reciclagem.

17/08/2021