A desenvolvedora de drones Xmobots, situada em São Carlos (SP), anunciou a implantação da sua nova unidade fabril na cidade de Itajubá (MG). O projeto da planta inclui a instalação de linhas de produção voltadas à fabricação de peças e componentes feitos com plásticos, materiais compósitos e fibras sintéticas.

Fábricas de drones com peças plásticas será inaugurada em Minas Gerais

 

Esse mix de materiais já é usado pela empresa na confecção de seus produtos, assim como grades de polietileno (PE), de poli(etileno tereftalato de etileno glicol) (PETG) e de acrilonitrila butadieno estireno (ABS), os quais são destinados à produção de algumas partes dos drones.

 

No entanto, a especialidade da companhia é a aplicação de compostos contendo fibra de carbono e fibra sintética de aramida, por exemplo, na fabricação de peças para os equipamentos, conforme disseram o pesquisador Paulo Ricardo da Silva, o gerente de suprimentos Mark Hummel e a gerente comercial Thatiana Miloso. Todos atuam na Xmobots.

 

Em entrevista à Plástico Industrial, eles mencionaram que atualmente a fabricação de peças para seus drones consome mensalmente cerca de 100 kg de polietileno, 3 kg de ABS e 1 kg de PETG. Também foi informado que a empresa pretende adquirir uma máquina injetora ainda no primeiro trimestre de 2021, a qual será instalada em sua unidade situada no interior de São Paulo.

   
 

Os drones fornecidos pela companhia são indicados para trabalhos em parques industriais, um tipo de demanda que está em crescimento. “A demanda por drones tem aumentando significativamente em todos os setores da economia, e no caso de uso ‘indoor’, o que inclui o chão de fábrica, não é diferente. Os setores que mais demandam esse tipo de aplicação são o de óleo e gás, de energia e de engenharia”, explicou Paulo.

 

A previsão é que a nova fábrica entre em operação no segundo semestre deste ano. Cerca de R$ 4,75 milhões serão investidos em sua construção. Além disso, a companhia já iniciou o processo de contratação de colaboradores.

 

 

Mais informações podem ser obtidas aqui. Acesse também informações técnicas sobre diversos tipos de plásticos em nossa seção matéria-prima e em nossos guias.


 

 

Foto: Freepik


 

Conteúdo relacionado:

 

Novo material polimérico para fabricação de peças leves

 

Parceria vai desenvolver e comercializar grafeno no Brasil


 

 

#Xmobots #Drones #NovaFábrica #Plásticos

 



Mais Notícias PI



Molduras de EPS para acabamento de muros e fachadas

Peças indicadas para obra limpa são produzidas com poliestireno expandido e recebem revestimento de elastômero.

07/12/2021


Mobilidade elétrica: novos grades de PPA voltados à inovação sustentável

Empresa desenvolveu novas soluções de poliftalamida (PPA) projetadas para aplicações em componentes de transportes elétricos e em eletrônica de potência.

30/11/2021


Uso de polímero leva à redução da espessura de placas flexíveis de circuito impresso

​​​​​​​Placas de circuito impresso flexíveis com uma espessura total de menos de 20 mícrons e várias camadas de metalização foram desenvolvidas graças ao uso de parileno.

22/11/2021