O desequilíbrio entre oferta e demanda de resina, especialmente para embalagens plásticas de grau alimentício, está fazendo os fabricantes de produtos descobrirem outras formas de obter a matéria-prima necessária para permanecer operantes e também para atingir suas metas regulatórias e de sustentabilidade. Com isso, a obtenção de resinas recicladas em um mercado em expansão se tornou difícil, exigindo uma boa base de fornecedores para garantir estabilidade no suprimento.

Para ajudar a indústria a desenvolver essas bases, a empresa de consultoria britânica Indepedent Commodity Intelligence Service (ICIS) desenvolveu o Rastreador do Fornecimento de Reciclados (Recycling Supply Tracker), que permite às empresas que buscam plástico reciclado mecanicamente obter rapidamente uma visão abrangente do setor e identificar novos fornecedores globais, além de ter uma visão estratégica sobre projetos existentes.

O banco de dados global fornece informações sobre as capacidades de produção, volumes de produção e fonte de matéria-prima de mais de 1.800 instalações de reciclagem de médio e grande porte no mundo todo, sendo 133 delas no Brasil.

São listados quatro tipos de plástico reciclado – polietileno de alta densidade (PEAD), polietileno de baixa densidade (PEBD), poli(tereftalato de etileno) (PET) e polipropileno (PP) – nas formas de grânulos, flocos e remoído. O rastreador informa ainda onde as recicladoras estão localizadas, quais produtos elas oferecem, quanto produzem e os dados de contato de cada uma delas.

Filtros interativos permitem que a pesquisa seja direcionada por região, país específico ou produto específico. Indicam também se a usina está em operação, em construção ou foi apenas anunciada. Outros filtros específicos, tais como a cor do produto e sua fonte de matéria-prima, também estão disponíveis, oferecendo aos usuários uma visão mais abrangente do mercado de plásticos reciclados.

 

“O rastreador foi projetado para ajudar as empresas a obter resinas recicladas globalmente, enfrentando um dos maiores desafios da indústria na atualidade”, disse Louise Boddy, chefe de Estratégia e Sustentabilidade do ICIS. “Nós preenchemos a lacuna entre as metas de sustentabilidade das empresas e a cadeia de suprimento de plástico reciclado em mercados que ainda eram fragmentados e desconhecidos para muitos. Nossos analistas de reciclagem vasculham o mundo para encontrar usinas que possam apoiar a economia circular e ajudar aqueles que desejam aumentar o uso desses materiais ecológicos”, concluiu.

 

Foto:ICIS

 

Conteúdo relacionado:

Separação de resíduos combinada com reciclagem mecânica avançada

Reciclagem química de plásticos usados em autopeças

 

 

 

#ICIS #RecyclingSupplyTracker #Recicladoresdeplasticos



Mais Notícias PI



Impressora 3D é divulgada em feira

Equipamento conta com câmara ativamente aquecida e pode processar materiais como PA e PC.

24/05/2022


Mais aproveitamento na reciclagem de fios e cabos 

Empresa do ABC paulista desenvolveu maquinário que separa o material polimérico dos metais presentes em fios e cabos, garantindo, em alguns casos, 99,9/% de pureza para o cobre obtido.

24/05/2022


Plataforma digital para monitoramento do chão de fábrica feita no Brasil

Sistema abrange a interconectividade entre máquinas, além da coleta e transmissão de dados em tempo real, in loco e remotamente.

24/05/2022