Aumentou em cerca de 13% a produção de estruturas de aço entre 2021 e 2022, bem como foi de R$ 16,2 bilhões o faturamento do setor no ano passado. Esses são alguns dados de um estudo encomendado pelo Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA) e pela Associação Brasileira da Construção Metálica (ABCEM) à e8 Inteligência.

 

Trata-se da última edição da pesquisa “Cenário dos Fabricantes de Estruturas de Aço”, a qual abrange a cadeia produtiva de estruturas metálicas como, por exemplo, torres para transmissão de energia elétrica ou para produção de energia eólica, estruturas para parques fotovoltaicos e defensas metálicas.

 

De acordo com o levantamento, do qual participaram 349 empresas, foram produzidas no ano passado 1,05 milhão de toneladas de aço, o que equivale a um aumento de 0,5% em relação a 2021. Também foi constatado que 522 mil toneladas de aço foram destinadas a obras que utilizaram estruturas metálicas, ao passo que 491,7 mil toneladas foram consumidas na produção de estruturas de aço para o segmento de energia e 36,5 mil toneladas foram absorvidas por construtores de defensas metálicas.

 

Também foi divulgado que o faturamento do setor aumentou em 13,2% em 2022 quando comparado ao total calculado no ano anterior, que somou R$ 14,3 bilhões. Ainda sobre o faturamento dos fabricantes de estruturas metálicas, foi divulgado o montante computado nos anos de 2018 (R$ 5,1 bilhões), 2019 (R$ 7,1 bilhões) e 2020 (R$ 10,4 bilhões).

 

 

Fabricantes de telhas de aço faturaram mais

O CBCA e a ABCEM também obtiveram dados referentes ao setor de fabricação de telhas de aço no período de 2021 a 2022, que são provenientes da pesquisa “Cenário dos Fabricantes de Telhas de Aço e Steel Deck”, conduzida em parceria pelas instituições, e da qual participaram 106 empresas.

 

De acordo com este levantamento, 88% das companhias participantes se dedicam exclusivamente à produção de telhas de aço, enquanto 9% atuam na fabricação de telhas de aço e steel deck. Também houve aumento do faturamento das entrevistadas entre 2021 e o ano passado, que foi de 18,3%, o que, segundo elas, equivale a cerca de R$ 8,4 bilhões.

 

 

Perfis galvanizados, aumento também

Conforme os dados obtidos pelo estudo “Cenário dos Fabricantes de Perfis Galvanizados - Light Steel Frame e Drywall”, segundo o que foi divulgado pelas entidades mencionadas acima, houve aumento de 5,5% da produção de perfis light steel frame e de 9,5% da produção de perfis para drywall em comparação com 2021 e 2022.

 

Participaram dessa pesquisa 35 empresas, as quais informaram que o seu faturamento no ano passado foi de R$ 1,38 bilhão, o que representa um aumento de 28,4% em relação a 2021.


Mais informações podem ser obtidas pelo site do CBCA e pelo da ABCEM.

 

 

Imagem: evening_tao, Freepik.

 

Leia também:

 

Estudo analisa o uso de aços estruturais resistentes à corrosão atmosférica

 

Retrofit na construção civil traz oportunidades para o setor de estruturas metálicas

 

#ABCEM #CBCA #e8Inteligência #CorteeConformaçãodeMetais



Mais Notícias CCM



Centro de pesquisa em cibersegurança terá investimento de R$ 60 milhões

A Embrapii e o MCTI selecionaram o CESAR para desenvolver sistemas de segurança cibernética para a indústria de manufatura.

16/05/2024


Exportação de sucata ferrosa aumentou entre 2022 e 2023

Volume de sucata ferrosa exportado passou de 19.031 para 79.985 toneladas entre novembro de cada ano.

14/12/2023


Convênio para reaproveitar CO2 na produção de aços

Um consórcio formado entre a ArcelorMittal e a Fiemg tem como premissa a criação do Centro CIT/Senai de Descarbonização Industrial.

06/11/2023