O Estaleiro Rio Maguari (Belém, PA) recebeu a encomenda de quatro barcaças-tanque oceânicas, com 4.000 metros cúbicos de capacidade cada, destinadas à Flumar, empresa de navegação do grupo Odfjell, que investirá mais de R$ 50 milhões nas embarcações. A construção teve início este mês e as entregas estão previstas para ocorrer entre o final do primeiro trimestre e o início do segundo trimestre de 2023, de acordo com informações do Sinaval, instituição que representa os estaleiros brasileiros.

 

Devido às características oceânicas, as barcaças estarão aptas para operar em todo o território nacional, visando especialmente o transporte de combustíveis e biocombustíveis, segmento onde se espera maior expansão nos próximos anos. A empresa ressaltou que as barcaças poderão também ser utilizadas para outros negócios envolvendo granéis líquidos, como químicos, petroquímicos e óleos vegetais.

 

A Flumar é uma empresa brasileira de navegação (EBN) e tem investido tanto em terminais como em embarcações, na área de combustíveis e biocombustíveis, desenvolvendo parcerias com muito potencial de crescimento. Conta com uma frota de sete navios para transporte de granéis líquidos (químicos, petroquímicos, combustíveis, biocombustíveis e óleos vegetais, além de gases liquefeitos de petróleo) em esquema de cabotagem. O grupo Odfjell, além da navegação, opera nove terminais de granéis líquidos localizados nos principais portos do País.


Rebocadores

O estaleiro paraense trabalha a todo vapor também na execução de quatro embarcações rebocadoras encomendadas recentemente pela empresa de transporte marítimo de origem australiana Svitzer, com unidade no Rio de Janeiro (RJ). A previsão é que as entregas aconteçam entre outubro deste ano e abril de 2023.

 

O ERM projeta e fabrica balsas, barcaças, rebocadores (foto), empurradores, ferryboats, terminais e diques flutuantes, barcos de pesca e de passageiros, para uso fluvial e oceânico. Atua também no setor de estruturas metálicas de grande porte, contando hoje com uma capacidade de processamento de cerca de 30 mil toneladas de aço ao ano.


 

Fotos: ERM


 

Leia também:

Troca de comando na siderurgia

Mobilidade elétrica traz oportunidades para o setor de aços


 

#construçãonaval


 

#ERM



Mais Notícias CCM



Avanço do agronegócio aquece o setor de aços

Mesmo com instabilidades no mercado de commodities, a balança comercial do setor agro reflete um bom momento e favorece investimentos em maquinário.

15/08/2022


Maquinário brasileiro para o mundo

Investimento em tecnologia e participação em eventos internacionais impulsiona o comércio exterior do setor de máquinas.

12/08/2022


Fabricação de tubos metálicos em discussão

Evento reunirá empresas do ramo de máquinas e equipamentos para fabricação de tubos e conexões.

12/08/2022