A fabricante de resinas termoplásticas Braskem, com escritório regional em São Paulo (SP), anunciou oficialmente a entrada em operação da sua nova planta voltada à produção de polipropileno (PP), chamada de Delta, localizada em La Porte no estado norte-americano do Texas.

 

Nova fábrica de polipropileno inicia atividades oficialmente

 

Com sua construção concluída em meados de junho último, a nova fábrica terá capacidade de produzir mais de 450 mil toneladas de resinas por ano, e também poderão ser produzidos nesta unidade outros produtos como, por exemplo, copolímeros de diversas categorias.

 

O anúncio foi feito em um evento realizado por meio de uma plataforma digital e comandado por Mark Nikolich, vice-presidente do departamento de Olefinas & Poliolefinas da Braskem na América do Norte. Segundo ele, ao responder perguntas feitas pelos participantes do evento, a instauração da nova planta permitirá a ampliação dos serviços de atendimento aos clientes tanto no continente americano quanto no mundo.

 

Ele também falou sobre alguns segmentos que têm grande potencial para aumentar o seu consumo de resinas de PP. Entre os mencionados estão o de embalagens plásticas, automobilístico e de equipamentos para a indústria em geral, além do de utensílios domésticos.

 

O início das atividades na Delta também tem como meta aumentar o índice de exportação de resinas fornecidas pela petroquímica brasileira, bem como a criação de novos projetos para a retomada da indústria em meio à pandemia de Covid-19.

 

Mais informações podem ser obtidas aqui. E também na seção de notícias em nosso site.

 

Foto: Nova planta de produção de polipropileno da Braskem situada nos Estados Unidos


 

Conteúdo relacionado:

Compostos de PP, auxiliares na transição para os veículos elétricos

PP para manufatura aditiva tem aprovação para contato com alimentos

 

#Braskem #Polipropileno #NovaFábrica #Plásticos #Plastics #Covid-19




Mais Notícias PI



Parceria evitará o descarte de resíduos plásticos em aterro sanitário

Acordo entre companhias prevê a triagem de resíduos plásticos domiciliares antes de seu descarte em aterro, reinserindo-os na indústria com o objetivo de estimular a economia circular.

30/10/2020


Estirênicos plenamente recicláveis

Trabalho conjunto entre a SCS e o Instituto Fraunhofer atestou a adequação do poliestireno reciclado para aplicações envolvendo o contato com alimentos.

29/10/2020


Aditivo à base de zinco protege superfícies plásticas

Empresa lança aditivo que impede a disseminação de vírus, bactérias e fungos em superfícies plásticas

27/10/2020