A Piramidal, com unidade comercial em São Paulo (SP), pretende aumentar o seu portfólio de resinas de engenharia, commodities e resinas de fonte renovável. Além disso, a empresa tem interesse em estabelecer parcerias visando ao desenvolvimento de novos negócios no setor de plásticos.


A companhia, que foi uma das participantes da última edição da Plástico Brasil – Feira Internacional do Plástico, está investindo em trabalhos que têm como principais pilares a análise de polímeros com potencial para substituir outros materiais usados na fabricação de peças, componentes e itens de diversos tipos.


Miguel Bahiense, gerente comercial de vinílicos e de novos negócios da Piramidal, que concedeu entrevista à Plástico Industrial, comentou que as estratégias da empresa para 2023 têm foco na ampliação do portfólio de produtos e na sinergia com áreas ligadas à indústria do plástico.


“Trata-se de uma sinergia que pode ajudar os clientes no que diz respeito ao conhecimento sobre as atuais opções de produtos disponíveis no setor de polímeros, assim como sobre as possibilidades que este mercado tem a oferecer”, comentou.


 

Ainda de acordo com Miguel, negociações com outras empresas e instituições ligadas ao ramo de polímeros estão em andamento. Além disso, ele comentou que recentemente, graças à consolidação de parcerias, a Piramidal passou a fornecer materiais plásticos que antes não integravam o seu portfólio de produtos.


Empresas interessadas podem entrar em contato pelo e-mail miguel.bahiense@piramidal.com.br.



 

Imagem: Miguel Bahiense/Plástico Industrial


 

Leia também:

 

Centro de pesquisa vai difundir o uso de grafeno na indústria

 

Coletividade é a chave para os sistemas de economia circular

 

Método determina a necessidade de readitivação dos plásticos reciclados

 

#Piramidal #NovosNegócios #PlásticoIndustrial



Mais Notícias PI



A Lecar não vai mais produzir carros elétricos, mas sim híbridos.

Montadora brasileira vai redirecionar esforços antes dedicados à fabricação de carros elétricos para o desenvolvimento de veículos híbridos flex, com sistema de tração elétrico.

01/07/2024


Empresas de extrusão buscam atualização tecnológica

Ênfase no atendimento ao setor de embalagens e interesse por tecnologias habilitadoras da indústria 4.0 são tendências entre as empresas que processam materiais plásticos usando o processo de extrusão.

01/07/2024


Consumo de PVC aumentou entre 2022 e 2023

Pesquisa do IBPVC e da MaxiQuim revelou que o consumo aparente de PVC no País, nos dois últimos anos, passou de 1.024 para 1.122 toneladas.

25/06/2024