A Lanxess (Alemanha) e o grupo de energia francês TotalEnergies anunciaram estar trabalhando de forma conjunta no desenvolvimento do monômero estireno obtido de fonte renovável, baseado no tall oil, um subproduto da produção de celulose derivado de uma resina de árvore.

 

A origem sustentável do estireno, do qual é obtido o termoplástico poliestireno (PS), é certificada de acordo com a abordagem de balanço de massa do padrão vigente na Certificação Internacional de Sustentabilidade e Carbono (ISCC PLUS, International Sustainability and Carbon Certification). Sob essa abordagem do balanço de massa, materiais certificados e não certificados são misturados fisicamente, mas mantidos separadamente em uma base contábil, permitindo que as empresas documentem e rastreiem os materiais sustentáveis através de complexos processos de produção.

 

A certificação ISCC PLUS para o estireno é um requisito importante, pois a Lanxess também oferece seus produtos de acordo com esse padrão de certificação e, portanto, conta com a mesma transparência para suas matérias-primas. "Nossos clientes estão cada vez mais pedindo por soluções sustentáveis, e matérias-primas com baixa pegada de carbono são uma alavanca fundamental", afirmou Marcel Beermann, chefe de aquisição global e de logística na Lanxess.

 

Além do estireno, a empresa de especialidades químicas já fornece outros produtos sustentáveis do ponto de vista do balanço de massa, a exemplo de acrilonitrila e pré-polímeros sob a marca Adiprene Green, os quais contêm polióis de poliéter à base de amido. Já o composto Tepex Scopeblue é baseado em linho e ácido poliláctico.

 


 

Imagem: Lanxess


 


 

Leia também:

 

ESG em novo programa de certificação da ABNT

 

Mais de 200 mil toneladas de plásticos retornam ao ciclo produtivo


 


 

#estirênicos

#Lanxess

 



Mais Notícias PI



A ciência como base na reciclagem de plásticos e borrachas

Fundada por pesquisadoras da área de materiais, a startup de base tecnológica IQX desenvolveu aditivos que tornam viável a reciclagem de materiais como borracha vulcanizada.

17/07/2024


Dow adquire a recicladora Circulus e aumenta a sua oferta de PCR

A aquisição da recicladora de polietileno Circulus vai adicionar 50 mil toneladas à oferta de materiais reciclados anualmente e faz parte da meta Transform the Waste 2030 da Dow.

02/07/2024


Empresas firmam acordo para estruturar redes de reciclagem

Gerenciar redes de reciclagem de resíduos gerados pela produção de cartões plásticos do Grupo UP no Brasil é o objetivo da eureciclo.

25/06/2024