A belga Solvay anunciou ter recebido um financiamento da agência Innovate UK, órgão britânico para promoção da inovação, que vai acelerar o desenvolvimento do seu projeto Battery Enclosure Materials Automation (BEMA), que tem por objetivo o desenvolvimento de materiais leves para a fabricação de baterias mais eficientes para veículos elétricos.

 

Em parceria com a Airborne, que atua na fabricação de compósitos avançados usando automação e digitalização, o projeto recebeu cartas de apoio da Jaguar Land Rover e da Vertical Aerospace, e tem em seu escopo o uso de resíduos reciclados de material compósito nas novas formulações.

 

O projeto vai combinar a tecnologia de materiais termoendurecíveis da Solvay com a experiência da Airborne em sistemas flexíveis de fabricação de compósitos automatizados para criar as baterias leves de última geração. “Isso proporcionará uma mudança significativa em direção a uma maior eficiência energética e redução do tamanho das baterias”, comentou Mark Wright, gerente de vendas da Solvay para a Europa, Oriente Médio e África (EMEA).

 

De acordo com Joe Summers, diretor comercial da Airborne, à medida que cresce a demanda por gabinetes de baterias em compósito, o desafio passa a ser encurtar a fase de projeto e fornecer orientação para a automação. “Trabalhar com a Solvay irá incorporar as características dos materiais nas regras do projeto orientado para a manufatura (design-for-manufacture), usando a nossa tecnologia de deposição automatizada de camadas multimateriais”, informou.

 

O BEMA está atualmente em fase pré-industrial, que inclui a realização de testes de impacto mecânico, blindagem, desempenho térmico e de incêndio no Centro de Aplicação de Materiais Compósitos da Solvay em Heanor, Reino Unido, e também em prestadores de serviços externos. Em uma próxima fase do projeto serão produzidos protótipos para validar os novos invólucros de baterias em compósito em ensaios de campo, assim como e obter provas de conceito para a industrialização, além de indicadores de sustentabilidade. Resultados tangíveis e confiáveis são esperados no período de dois anos.

 

Imagem: Solvay



 

Leia também:

 

Consórcio desenvolverá carcaça de bateria multimateriais para veículos elétricos

 

Veículos elétricos, uma oportunidade para as resinas especiais

 

Materiais do interior do veículo passam a ser mais relevantes


 

#BEMA

#Solvay

 



Mais Notícias PI



Automação de baixo custo é o foco da nova unidade da Igus no Brasil

A empresa alemã inaugurou um centro de automação em Joinville (SC) para promover a disseminação do uso de sistemas robóticos em tarefas industriais.

05/07/2024


Sumitomo-Demag inaugura centro de treinamento e tem nova agenda de cursos

Operação, programação e manutenção de injetoras elétricas fazem parte da grade de cursos que a fabricante de injetoras oferecerá nos próximos meses.

02/07/2024


Espectrômetro portátil analisa filmes multicamadas para fins de reciclagem

O trinamiX, da BASF, foi atualizado para fazer a identificação imediata de mais de 30 tipos de plásticos com base na espectroscopia de infravermelho próximo (NIR), para fins de reciclagem. Nova versão inclui filmes multimateriais.

25/06/2024