Serão encerradas no dia 7 de agosto de 2022 as inscrições para a segunda edição do programa “Residência Industrial”, que promove a participação de universitários em atividades práticas realizadas no chão de fábrica de companhias do setor de manufatura como, por exemplo, empresas que fazem a transformação de resinas termoplásticas por injeção.

 

Universitários poderão ser integrados às atividades de empresas por meio de programa de treinamento.

O programa é promovido pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), em parceria com o Centro Universitário Una, o qual visa incentivar empresas a integrar estudantes de áreas ligadas à cadeia produtiva de polímeros à sua rotina de operações, permitindo a eles acompanhar seus times que atuam em parques fabris e se familiarizar com o ambiente industrial.
 

 

Mais detalhes sobre o programa foram mencionados por Cinthya Andrade, gestora de educação executiva do IEL: “a dinâmica proposta possibilita ao estudante o desenvolvimento de uma mentalidade voltada para os desafios profissionais, o protagonismo, a criatividade e resolução de problemas. Para as ‘empresas madrinhas’, o projeto tem como premissa contribuir para a evolução de sua cultura organizacional, por meio do desenvolvimento e capacitação de novos talentos”.

 

Empresas interessadas podem realizar sua inscrição pelo site da FIEMG. Foi informado à imprensa que o programa é voltado exclusivamente para alunos do Centro Universitário Una.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-882-2525 ou pelo e-mail ouvidoria@fiemg.com.br. 

 

 

 

Imagens: Pixabay e IEL

 

 

 

Mais notícias da área:

 

Transformação digital será tema de curso no Insper

 

Próximos cursos do setor de plásticos

 

#Una #FIEMG #ResidênciaIndustrial #PI

 



Mais Notícias PI



Entidades do setor de plásticos anunciam parceria

Acordo entre a Adirplast, Abiplast e Abief visa organizar frentes de trabalho tendo em vista os desafios da indústria de transformação de plásticos.

27/02/2024


Caroços de azeitona dão origem a aditivos e cargas para plásticos

Entenda a proposta da BioPowder, do arquipélago de Malta, que desenvolve e comercializa pós de alto desempenho obtidos a partir de caroços de azeitona. Adicionados à formulação de masterbatches, eles podem conferir resistência mecânica, propriedades hidrofóbicas, redução de peso e diferentes apelos estéticos aos produtos plásticos.

27/02/2024


Do frasco ao solado. Garrafas PET transformadas em laminados para calçados.

Um volume de 17,3 milhões de garrafas PET recicladas foi convertido em matéria-prima para a fabricação de laminados para calçados, desenvolvidos no Brasil.

27/02/2024