O grupo Wittmann Battenfeld, com sede na Áustria e filial na cidade de Vinhedo (SP), desenvolveu um modelo de célula de produção configurada conforme os conceitos da indústria 4.0 (foto).

 

Unidade fabril-modelo baseada na indústria 4.0 propõe integração e conectividade entre máquinas e sistemas digitais

 

A unidade-modelo é composta por uma injetora e por um robô, além de equipamentos que executam processos complementares à transformação de plásticos, e foi criada para exemplificar um espaço fabril configurado para a realização de operações integradas no chão de fábrica .

 

Outro detalhe é que esse conjunto conta com sistemas que se dividem em ambientes digitais para coleta e compartilhamento de dados provenientes de linhas de produção, assim como plataformas para a conectividade entre máquinas e dispositivos móveis.

 

De acordo com a empresa, esse modelo de célula de produção foi desenvolvido para processos de transformação de resinas termoplásticas por injeção, ao qual podem ser integrados sistemas de monitoramento de equipamentos e de dados em tempo real, por exemplo. O modelo é um dos destaques da empresa na Interplast, que acontece no início de abril, em Joinville (SC).

 

Mais informações podem ser obtidas aqui.


 

 

Imagem: Wittmann Battenfeld


 

Mais conteúdo relacionado à indústria 4.0:

 

Investimento em injetora viabiliza transferência de tecnologia

 

O que podemos esperar da “fábrica do futuro”?

 

#WittmannBattenfeld #Indústria40 #PlásticoIndustrial



Mais Notícias PI



Injetora híbrida com força de 1.800 kN

Arburg vai expor injetora híbrida e com menor consumo de energia.

23/07/2024


Kiefel desenvolve termoformadora mais produtiva

Novo modelo da fabricante alemã é mais rápido e pode produzir copos altos, de até 250 mm.

23/07/2024


Medição on-line assegura a qualidade do material durante o processamento

Fabricante suíça de instrumentos de medição desenvolveu um viscosímetro com módulo de medição que analisa polímeros fundidos durante a extrusão.

16/07/2024