Fabricantes de descartáveis, recicladores, sindicato e indústria petroquímica se uniram para formar um programa chamado Isopor® Amigo, que tem a gestão da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) e da Odnum Design & Engenharia, uma consultoria especializada em projetos inovadores para a sustentabilidade.

 

Inicialmente tratava-se de um projeto-piloto implementado no Perini Business Park, em Joinville (SC), com o objetivo de promover o reaproveitamento dos recipientes para comida utilizados pelos funcionários das cerca de 200 empresas instaladas nos 140 mil metros quadrados do condomínio empresarial.

 

Tendo como diretriz a operação alinhada com práticas de sustentabilidade, o local formou o ecossistema ideal para o projeto que durou quatro meses e logo se tornou um programa, com o envolvimento de novos parceiros com tarefas distintas que viabilizam o seu funcionamento.

 

Um dos novos parceiros é a Organa Biotech, uma startup que atua no reaproveitamento dos resíduos orgânicos (restos de alimentos) oriundos da limpeza as marmitas de poliestireno expandido (EPS), instalando pontos de entrega voluntária (PEV’s) tanto nas empresas quanto nos restaurantes do Perini Business Park, para que as pessoas descartem resíduos orgânicos. A compostagem desses resíduos será feita in loco, dando origem a um adubo de alto valor agregado, a ser usado no próprio parque empresarial.

 

EPS segue para reciclagem

 

O programa Isopor Amigo prevê também a instalação de PEV’s específicos para a coleta dos recipientes de EPS, que devem ser limpos com um guardanapo antes de serem dispostos. Marmitas, boxes e bandejas serão recolhidos semanalmente por uma empresa parceira do setor de reciclagem, que retira o ar do produto, o lava e reprocessa. Após extrusão, são obtidos grânulos de EPS reciclado que darão origem a novos produtos cujo uso não implique o contato com alimentos. Itens para construção civil como molduras, rodapés e rodatetos são alguns exemplos dos produtos obtidos.

 

Carla Castilho, analista de projetos da Abiplast e coordenadora do Isopor Amigo dentro da instituição, informou que o Isopor (marca registrada da Knauf, também participante do programa) é constituído por 98% de ar e apenas 2% de poliestireno, formando muito mais volume do que massa de material. Hoje são recolhidos cerca de 30 quilos de material por semana.

“Após a divulgação da possibilidade de reciclagem do EPS, muitos funcionários do Perini Business Park estão trazendo inclusive de casa as suas bandejinhas de alimentos para reaproveitamento”, contou Carla.

 

O objetivo agora é levar a iniciativa para fora do parque empresarial catarinense e buscar mais apoiadores. Atualmente estão juntos no programa empresas como Copobras, Isoterm, Knauf, Isorecort (Grupo Mundial), Santa Luzia, Simpesc, Termotécnica e Unigel.

Empresas interessadas no programa podem obter mais detalhes pelo email abiplast@abiplast.org.br.

 

 

Fotos :IsoporAmigo/Abiplast

 

Conteúdo relacionado:

Programa que recolhe tampinhas assopra velinhas

Compensação ambiental para embalagens de margarina



#Isoporamigo #Isoporéreciclável  



Mais Notícias PI



Sachês pós-consumo transformados em itens esportivos

Projeto que integra a Boomera e a marca Nescau resultou na reciclagem de resina pós-consumo, proveniente de embalagens flexíveis, em itens esportivos, os quais foram doados a organização beneficente.

14/01/2022


Empresa supera sua meta de uso de material reciclado

A SC Johnson superou sua meta de uso de 15% de plástico reciclado em suas embalagens quatro anos antes do previsto e, agora, quase dobra a aposta para usar 25% até 2025.

12/01/2022


Alta da produção de resinas recicladas nos últimos anos

Mais de um milhão de toneladas de resinas recicladas foram produzidas em 2020 no Brasil, de acordo com levantamento da MaxiQuim. Também foi percebido aumento do consumo de resíduos plásticos entre 2019 e 2020.

07/12/2021