A cadeia produtiva de plásticos e de manufatura como um todo está enfrentando muitos desafios que surgiram com a chegada da pandemia de Covid-19, o que obrigou estes e diversos outros setores a intensificarem seus esforços para driblar as crises inerentes ao atual contexto mundial.

 

Pesquisa sobre a influência da Covid-19 na indústria de manufatura

 

E é claro que as mudanças advindas dessa nova realidade causam impactos nas atividades do dia a dia de empresas e seus parques fabris como, por exemplo, na criação e aplicação de adaptações necessárias à execução das estratégias operacionais típicas dessas áreas, no gerenciamento da mão de obra e da cadeia de suprimentos, e, principalmente, nas relações com clientes.

 

 

Esses e outros temas que abrangem a adaptação a rupturas no tradicional modus operandi dos processos do chão de fábrica e nos negócios, assim como a reavaliação de alternativas e riscos, foram abordados na pesquisa “Global Manufacturing Outlook 2020: Covid-19 Special Edition”, ou “Perspectivas Globais de Manufatura 2020: Edição Especial Covid-19”, em português.


 

O estudo foi conduzido pela KPMG, uma rede global de empresas que prestam serviços de pesquisa e consultoria. Segundo informações da instituição, este levantamento é um recorte da pesquisa denominada “CEO Outlook 2020”, a qual foi produzida a partir de consultas prestadas por 315 CEOs que atuam nos principais setores da economia mundial. Um levantamento que abrangeu dois períodos do ano passado: entre os meses de janeiro e fevereiro, e também entre julho e agosto.

 

 

 

A sondagem também proporcionou a obtenção de dados referentes aos atuais desafios enfrentados pelos líderes da indústria de manufatura, o que levou ao apontamento de diretrizes consideradas essenciais à superação de crises relacionadas à pandemia. Entre elas estão a redução de riscos e o reequilíbrio das cadeias de suprimentos, investimento em tecnologia e inovação, bem como a contratação e permanência de profissionais alinhados à nova realidade de trabalho.

 

 

 

Esses fatores foram divididos em tópicos a partir do estudo e são mostrados a seguir.

 

 

 

Também foi mostrado que 48% dos CEOs que participaram da pesquisa afirmaram que a inovação digital foi acelerada em meses, enquanto o mesmo percentual de entrevistados apontou que esse processo foi acelerado em anos e 3% deles disseram que não houve avanço significativo nesse campo. Além disso, foi apontado que 96% dos CEOs disseram que o progresso para digitalizar as suas operações está acelerado.


 

 

Frente a estas questões, o conhecimento sobre trabalhos de manufatura baseados em sistemas de inteligência artificial, Internet das Coisas (IoT) e outros fatores alinhados com o conceito de indústria 4.0, e também a realidade virtual e o uso de drones, foram os mais mencionados quando o assunto foi a implementação de redes 5G visando à obtenção de ganhos em produtividade e à busca célere por inovação.


 

 

 

“A pesquisa evidencia que os líderes executivos do setor de manufatura terão que se esforçar ainda mais e o mais rapidamente possível para se tornarem resistentes, e adaptarem suas organizações a essas drásticas mudanças”, comentou Ricardo Bacellar, sócio-líder do departamento de Industrial Markets e Automotivo da KPMG no Brasil. E ele concluiu, “As empresas que se destacarem nestas condições adversas serão as mais bem preparadas para se diferenciarem e ampliarem os seus negócios”.

 

 

 

O aumento de práticas e envolvimento em ações sociais, de proteção ao meio ambiente e de busca pela transparência de governanças – de “Environmental, Social and Governance (ESG)”, em inglês – também foi apontado como estratégia de combate à pandemia de Covid-19 por 79% dos executivos que colaboraram com o levantamento.


 

 

A pesquisa pode ser baixada gratuitamente aqui. Confira também webinars sobre ações da cadeia produtiva de plásticos e de manufatura para superar os desafios relacionados ao cenário atual no Brasil e no mundo. Eles podem ser acessados pelo Canal da Aranda Eventos.

 

 

Imagem: KPMG

 

 

 

Conteúdo relacionado:

 

Fabricante de itens plásticos desenvolve e lança serviço de gestão de ativos

 

Impressora multimateriais é desenvolvida entre parceiros europeus

 

 

 

#KPMG #GlobalManufacturingOutlook2020Covid-19Special Edition #Plásticos



Mais Notícias PI



Reciclagem química de PET é tema de fórum internacional

Associação europeia marca data para evento online específico sobre reciclagem química do PET.

17/09/2021


Plásticos em pauta em festival de sustentabilidade

Eventos gratuitos na capital paulista vão promover a conscientização sobre a sustentabilidade.

17/09/2021


Escadas em EPS, uma construção rápida e limpa

Sistema modular de construção de escadas oferece suporte estrutural e garantia de obras mais limpas, com componentes mais leves.

16/09/2021