Os plásticos trazem muitos benefícios para a sociedade, combinando excelentes propriedades funcionais com baixo custo. Permitem a fabricação de embalagens seguras, higiênicas e transparentes para alimentos, simplificando o transporte e reduzindo o consumo de energia. No entanto, a má gestão dos resíduos plásticos levou a níveis alarmantes de poluição.

O desenvolvimento dos bioplásticos compostáveis foi um avanço, mas o seu descarte também necessita de atenção. E este assunto é tratado em um documento elaborado pela holandesa Total Corbion, desenvolvedora de bioplásticos do tipo poli(ácido láctico) (PLA).

“Embora os benefícios dos bioplásticos sejam conhecidos há algum tempo, ainda há dúvidas em toda a cadeia de suprimentos sobre a melhor forma de descartá-los após o uso”, explicou François de Bie, diretor sênior de marketing e cadeia de suprimentos da Total Corbion PLA. “Este documento de posicionamento é destinado a todas as partes interessadas em toda a cadeia de valor, a fim de informar não apenas sobre as melhores rotas de descarte de bioplásticos PLA, mas também para orientar a melhor forma de projetar novos produtos visando soluções ideais de final de vida”, continuou.

A compostabilidade é uma opção de fim de vida que deve ser usada apenas para aplicações específicas e pode ajudar a gerenciar com eficiência a maior fração do fluxo de bio-resíduos nas cidades. Plásticos compostáveis podem ajudar a coletar separadamente resíduos orgânicos, desviar grandes volumes de resíduos biológicos para a reciclagem orgânica e reduzir a contaminação do plástico convencional.

Resumindo, os plásticos compostáveis devem oferecer co-benefícios, tais como aumentar a quantidade de resíduos orgânicos coletados para serem compostados ou reduzir a quantidade de plásticos de origem fóssil contaminados por resíduos orgânicos.

O white paper também afirma a posição da Total Corbion PLA de que a reciclagem mecânica e química do PLA deve se tornar viável economicamente, assim como as soluções de final de vida útil. Desenvolver a cadeia de valor da reciclagem junto com empresas especializadas em reciclar PLA pode estimular a demanda por rPLA, fechando totalmente o ciclo de produção, consumo e destinação correta do material.

O documento, em inglês, está disponível para download no site da Tltal Corbion, em www.total-corbion.com/downloads, assim como outros manuais relacionados ao PLA.

 

 

Conteúdo relacionado:
 

Carro com peça externa de biopolímero

 

 

#TotalCorbion

#bioplásticos

 



Mais Notícias PI



Mobilidade elétrica: novos grades de PPA voltados à inovação sustentável

Empresa desenvolveu novas soluções de poliftalamida (PPA) projetadas para aplicações em componentes de transportes elétricos e em eletrônica de potência.

30/11/2021


Projeto usará embalagens de EPS na produção de peças para eletrodomésticos

Parceria que visa à fabricação de peças para refrigeradores usando embalagens de EPS pretende reaproveitar 200 toneladas de material pós-consumo até o próximo ano.

30/11/2021


ESG na prática no setor de plásticos

Optar pela desafiadora reciclagem de filmes flexíveis levou a Plastiweber a conceber novos produtos e aplicações para os laminados obtidos a partir de material pós-consumo.

30/11/2021