A Mitsubishi Engineering-Plastics Corporation (MEP), fabricante japonesa de materiais plásticos de engenharia, desenvolveu um novo grade de poliacetal, o Iupital Série 05, que possui uma tecnologia que reduz a geração de formaldeído durante o seu processamento e moldagem.

 

Geralmente, o poli(óxido de metileno) (POM), também chamado de poliacetal, é ligeiramente decomposto durante o seu processamento e moldagem, ou em etapas como corte e solda, por exemplo, o que contribui para a geração de formaldeído.

 

Segundo informações da companhia, ao otimizar a tecnologia de fabricação por meio de esforços em conjunto com a sua equipe de engenharia e seu departamento de P&D foi possível reduzir em cerca de 50% a quantidade de formaldeído normalmente gerada neste processo, em comparação aos tipos convencionais do mesmo material.

 

Entre as vantagens do novo procedimento pode-se citar a redução dos odores de formaldeído, com a consequente melhoria das condições do ambiente de trabalho, bem como otimização da produção por injeção, redução do tempo de inatividade para limpeza das cavidades de moldes e prolongamento da vida útil do ferramental.

 

Isso resulta em custos operacionais mais baixos e sem que o material perca o desempenho de suas propriedades químicas, térmicas, elétricas e mecânicas, além de manter os seus índices de estabilidade dimensional e resistência ao desgaste.

 

A MEP disponibiliza fichas técnicas dos grades da nova série (tipo padrão: F20-05; e os tipos de alta fluidez: F30-05 e F40-05) que, além das informações do polímero, apresentam gráficos comparativos quanto a emissão de formaldeído.

 

De acordo com Kazuhiro Ando, diretor executivo da empresa no Japão, o principal incentivo para os novos desenvolvimentos foi atender às necessidades da indústria levantadas pelos clientes. “Com esta inovação na fabricação, estamos confiantes de que podemos fornecer para a indústria uma solução para a redução de emissões, além de contribuir positivamente para a sociedade”, contou ele, que concluiu dizendo que esse método permite a obtenção de produtos mais amigáveis ao meio ambiente.

 

Conteúdo relacionado:

Certificação de “circularidade” para filmes plásticos

Novo processo de reciclagem de embalagens multicamadas

 

Fotos e gráfico: MEP

 

#MEP #BaixaEmissaodeGases #poliacetal #formaldeído #Plástico



Mais Notícias PI



Planta-piloto para reciclagem de filmes de PEBD inicia operações na Europa

Unidade servirá como base de estudos e testes de produtos plásticos para programas internacionais de reciclagem.

18/06/2021


Eventos da área de materiais e moldes são adiados para 2022

Semana técnico-científica organizada pela ABM, vai acontecer em junho de 2022, junto com o Encontro da Cadeia de Ferramentas, Moldes e Matrizes.

18/06/2021


PEAD reciclado passa a ser usado na fabricação de contêineres multicamadas

Linha de produtos é indicada para o acondicionamento de substâncias nocivas e tem certificação internacional.

15/06/2021