As feiras presenciais de negócios começam a ressurgir no mundo todo, e aqui no Brasil está agendada para 5 a 7 de outubro a 30ª Mercopar, uma das pioneiras da retomada de eventos presenciais desde o surgimento da Covid-19. Nos mesmos moldes da edição que foi realizada no ano passado, alguns meses após a eclosão da crise sanitária, quando foi a única feira industrial presencial realizada no País, o evento deste ano ocorrerá sob rígidos protocolos de segurança anti-contaminação.

 

Na Europa uma outra feira importante vai ter versão presencial. Direcionada para o setor de processamento de chapas e soldagem, a BlechExpo/Schweisstec, acontece em Stuttgart, de 26 a 29 de outubro, contando também com a adoção de procedimentos sanitários, além de uma plataforma digital disponível para agilizar a realização de encontros entre visitantes e participantes, fortalecendo o networking durante o evento.

Mercopar em sua edição de 2020

 

Célula de manufatura pronta para implantação

A Mercopar vai contar com uma nova atração este ano: a Célula Conceito Indústria 4.0, uma iniciativa da Rede RS Indústria 4.0, em parceria com o Sebrae RS e o Senai RS, que levará ao pavilhão de exposições equipamentos e sistemas que integram o conceito de manufatura avançada, mostrando como é possível inserir tecnologias que otimizem os processos, visando ao aumento de produtividade, qualidade e flexibilidade.

 

A Célula Conceito Indústria 4.0 é um projeto que tem por objetivo ser implantado em uma fábrica real. De acordo com o professor Néstor Ayala, coordenador da Rede RS Indústria 4.0, o diferencial da proposta é que, em outras exposições, o produto era criado especificamente para mostrar as tecnologias da Indústria 4.0. “Quando vamos resolver o problema de uma empresa, o produto normalmente não pode ser adaptado. São as tecnologias que devem se adaptar para montar o produto. E o nosso demonstrador fará isso”, explicou Ayala.

Ainda segundo o professor, a colaboração que será realizada entre os fornecedores servirá tanto para gestores quanto para as empresas entenderem o trabalho de cada um na implantação da Indústria 4.0 dentro das fábricas: “A Indústria 4.0 é um quebra-cabeça que deve ser montado. Por um lado, pelo cliente, que precisa entender o processo de montagem e, por outro, pelas empresas, que têm a necessidade de saber que fazem parte do processo”.

Especialistas do Instituto Senai de Tecnologia em Mecatrônica de Caxias do Sul serão os responsáveis por integrar as tecnologias que as empresas fornecedoras irão apresentar. Conforme o diretor regional da instituição, Carlos Artur Trein, o grupo de trabalho recebeu o desafio de produção. “Está sendo desenvolvido o projeto e a construção da célula, que irá fabricar um produto real, com a utilização das tecnologias habilitadoras da manufatura avançada, tais como sensores, Internet das Coisas (IoT), inteligência artificial, processamento em nuvem (cloud computing), entre outras”, explicou Trein. Ao final da Mercopar 2021, a empresa que apresentou o desafio utilizará a célula em seu processo de fabricação.

Mais informações podem ser obtidas aqui.


 

Conformação e soldagem

Já o evento alemão BlechExpo/Schweisstec vai destacar tecnologias de processo eficientes e atualizadas para o processamento de chapas e união de materiais. A digitalização, a sustentabilidade e a eficiência do processo no contexto de um cenário de produção em rápida mudança estão impulsionando o desenvolvimento da indústria de processamento de chapas metálicas.

Os tópicos da exposição incluem soluções autônomas e de sistema para sequências de processo envolvendo a fabricação de peças com chapas metálicas, perfis e tubos, bem como o processamento térmico e mecânico associado. Entre as atrações estão tecnologias de corte, máquinas de processamento, equipamentos para estampagem, dobramento, além de sistemas periféricos, incluindo controles e software. Mais informações podem ser obtidas aqui.


Fotos: Mercopar e BlechExpo

 

Conteúdo relacionado:

Feira internacional de soldagem é remarcada para 2023



Mais Notícias CCM



Nova parceria no ramo de tubos metálicos

Empresas iniciam empreendimento conjunto que visa à ampliação da distribuição de tubulações metálicas.

14/10/2021


Agronegócio no radar do ramo de aço inox

Empresa do segmento de aços inoxidáveis aponta aumento da demanda por tubos e chapas no agronegócio.

01/10/2021


Aplicação do aço inox no agronegócio é tema de estudo

Estudo conduzido por siderúrgica e universidade brasileiras avaliou resistência à corrosão e à abrasão de aços inoxidáveis em ambiente agrícola. Aumento da vida útil de equipamentos fabricados com aço inox é um dos tópicos do trabalho.

30/09/2021