O ramo de construção civil é uma das áreas que têm contribuído para o aumento do consumo de aços, principalmente no que diz respeito à fabricação de estruturas metálicas e de itens complementares feitos em aço ou alumínio.

Setor de estruturas metálicas ganha nova fábrica de perfis e telhas

Esses foram alguns dos assuntos abordados em uma pesquisa realizada a partir de uma parceria entre a Associação Brasileira da Construção Metálica (Abcem) e o Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA). Conforme foi apontado no estudo, o segmento de construção civil representa um índice de consumo de 34% do volume total de aços produzidos atualmente no País, e seu desempenho tem se mostrado em ascendência desde o início da pandemia de Covid-19.

 

A utilização de estruturas metálicas na construção de galpões e passarelas, assim como o uso de chapas para a compor coberturas, entre outros exemplos, proporciona vantagens como praticidade e menor geração de resíduos em comparação com processos que envolvem a aplicação de materiais tradicionais. Além disso, a união/fixação de peças metálicas – geralmente feita por meio de aparafusamento, rebitagem e soldagem – também se mostra mais rápida do que métodos comuns, permitindo ainda que sua manutenção seja realizada de forma mais ágil.

 

No que diz respeito ao ramo de perfis metálicos, um levantamento denominado “Cenário dos fabricantes de perfis galvanizados para light steel frame e drywall 2020” foi realizado a partir de uma parceria entre as instituições mencionadas acima e o Instituto de Metais Não Ferrosos (ICZ) e a Associação Brasileira do Drywall (Drywall).

 

A utilização das estruturas metálicas leves (light steel frame) por tipo de obra em 2019 foi um dos tópicos desse estudo, em que foram apontados os seguintes percentuais e seus respectivos tipos de aplicação: construção de edifícios, residências e condomínios: 43,4%; de estabelecimentos comerciais, creches e instituições de ensino: 33,5%; fábricas e galpões: 8,3%; e sistemas de fachadas: 6,4%.

 

Um outro bom sinal para os consumidores de perfis metálicos consiste na expansão da rede de fornecimento desses tipos de produtos que está sendo realizada pela fabricante de perfis de aço Isoeste Metálica (Anápolis, GO). A companhia iniciou recentemente as atividades de sua nova planta industrial situada no município mineiro de São Sebastião da Bela Vista, a qual será voltada para a produção de perfis metálicos estruturais, telhas, entre outros, assim como para o fornecimento de serviços para a área de construção metálica.

 

Os guias da revista Corte e Conformação de Metais trazem mais informações sobre equipamentos para o processamento de chapas metálicas usadas na fabricação de perfis metálicos como, por exemplo, ferramentas para guilhotinas e células robotizadas para soldagem, entre muitos outros. Diversos artigos técnicos sobre temas relacionados a este setor também estão disponíveis em nosso site.

 

Imagem: Pixabay

 

Reportagens similares:

Aumenta a demanda por aço e entidades buscam alternativas

Alta da produção de veículos pesados, um bom sinal para o ramo de metais

 

#Abcem #CBCA #ICZ #Drywall #IsoesteMetálica #CCM




 



Mais Notícias CCM



Equipamentos para coleta de fumo de solda e pó

Série de equipamentos foi projetada para eliminar detritos provenientes da soldagem ou corte de metais.

30/08/2021


Linhas de coletores de pó e fumos de solda

Equipamentos são indicados para a eliminação de partículas e gases provenientes do corte ou soldagem de metais.

27/08/2021


Corte de metais usando jato de água ultrafino

Aplicando jato com elementos microabrasivos, equipamento é indicado para trabalhos em ligas especiais.

24/08/2021