A área de corte e conformação de metais está acompanhando as mudanças ocorridas na indústria com o advento da pandemia da Covid-19, e também a forma como clientes finais passaram a consumir os produtos feitos a partir de chapas, tubos e perfis para fabricação de diversos itens.

Ramo náutico passa a consumir mais alumínio durante a pandemia de Covid-19

 

O ramo de alumínio está percebendo oportunidades que surgem em meio à atual crise sanitária, que são reflexos do comportamento adotado pelo consumidor final como, por exemplo, preferência por atividades de lazer junto à família e distanciamento de locais propícios à aglomeração de pessoas.

 

Neste contexto, a locação de barcos para passeio é um modelo de negócio que está ganhando destaque e, consequentemente, influenciando as estratégias de fabricantes de embarcações. Os projetos desenvolvidos nessa área incluem uma infinidade de itens confeccionados em alumínio que se dividem em estruturas para coberturas de proteção, escadas, compartimentos, corrimões e acabamento de interiores, entre outros.

 

A fabricante de produtos de alumínio Elfer, situada na cidade de Pindamonhangaba (SP), notou crescimento do consumo de alumínio no ramo náutico nos últimos dois anos. “De 2019 para cá, observamos que a demanda nessa área aumentou. E a previsão é de dobrar a nossa participação nesse segmento em 2021”, comentou Fabio Passerini, gerente da unidade de negócios da empresa.

 

 

Em entrevista à revista Corte e Conformação de Metais, ele também falou sobre os principais tipos de aplicação de alumínio na fabricação de itens/peças para embarcações: “É bastante comum vermos cascos feitos em alumínio, mas temos notado um crescimento da demanda por peças como suportes de âncora, bancos e o ‘T-Top’, que é uma espécie de cobertura para barcos de passeio”.

 

Segundo o executivo, o uso de produtos de alumínio em barcos também facilita a sua integração ao conjunto como um todo, além de possibilitar a obtenção de acabamento mais atraente em relação ao de embarcações feitas com materiais tradicionais. Entre as vantagens proporcionadas por este tipo de metal estão alta resistência à corrosão e menor peso, se comparado a ligas metálicas similares.

 

 

Mais alumínio também em outras áreas

 

O aumento do consumo de alumínio em outros segmentos como o de fabricação de veículos elétricos, agronegócio e implementos rodoviários também está no radar da Elfer. Entre os tipos de produtos que podem passar a ser consumidos em larga escala por essas áreas estão componentes estruturais, barreiras de proteção, portas, compartimentos para acondicionamento de insumos, entre outros.

Exemplos de produtos de alumínio para trailers e veículos especiais

 

“O uso de alumínio tem se tornado importante no agronegócio devido a alguns fatores: peças mais leves podem ser maiores como, por exemplo, pulverizadores, que permitem uma cobertura maior em menos tempo; compactação do solo pode prejudicar a agricultura e implementos mais leves podem contribuir para minimizar esse efeito. Também existem iniciativas de desenvolvimento de veículos autônomos e elétricos para o agronegócio”, disse Fabio.

 

 

Ele mencionou ainda que houve aumento da demanda de componentes fabricados em alumínio por parte de fabricantes de veículos especiais como trailers. Isso pode ser atribuído a um maior interesse por meios de transporte que proporcionem ao mesmo tempo lazer e menor contato com centros urbanos.

 

 

Imagens: Exemplos de produtos fabricados em alumínio pela Elfer cuja demanda tem apresentado crescimento em setores como o náutico e de produção de veículos especiais.

 

Reportagens similares:

União de tecnologias em prol da mobilidade elétrica

Programa promove o desenvolvimento de aços de alta resistência com elevado grau de conformabilidade

 

#Elfer #Alumínio #RamoNáutico #Agronegócio #CorteeConformaçãodeMetais #Covid-19

 



Mais Notícias CCM



Lecar não vai mais produzir automóveis elétricos. Agora, só híbridos.

Empresa brasileira vai redirecionar esforços antes dedicados à fabricação de carros elétricos para o desenvolvimento de veículos híbridos flex, com sistema de tração elétrico.

01/07/2024


BMW inaugura estamparia de última geração para produzir carros elétricos

Estamparia com equipamentos de última geração foi inaugurada na unidade norte-americana da montadora alemã, criando mais de 200 novos empregos em áreas técnicas e operacionais.

01/07/2024


WEG anuncia investimento de R$ 69,5 milhões em inovação

Com financiamento do BNDES no valor de R$ 58 bilhões, a WEG vai investir na atualização do parque fabril, em cinco frentes de desenvolvimento tecnológico.

01/07/2024