A Braskem anunciou a realização de um acordo colaborativo com um centro de pesquisa francês com foco no desenvolvimento de novas soluções sustentáveis, inovadoras e economicamente viáveis para a indústria.

 

De acordo com informações da companhia brasileira, o projeto – com duração prevista de três anos – possui mais de 50 parceiros estrangeiros e está alinhado com seu compromisso de promover a sustentabilidade na cadeia do plástico, tendo como principal objetivo a aceleração do desenvolvimento da biotecnologia industrial e promoção da bioeconomia. Segundo Mateus Schreiner Garcez Lopes, responsável por Inovação em Tecnologias Renováveis da Braskem, isso é possível a partir da colaboração com iniciativas que utilizem a química e materiais renováveis como ferramentas de captura de carbono.

 

A parceria se estabeleceu com o centro de pesquisa Toulouse White Biotechnology – TWB (França), especialista em projetos científicos que utiliza a inteligência coletiva para impulsionar vínculos pioneiros entre pesquisadores, grupos industriais e investidores, acelerando o desenvolvimento de novas tecnologias químicas renováveis e sua implementação em indústrias ecologicamente responsáveis.

 

Sob orientação de líderes de pesquisa de ambas as envolvidas, nove pesquisadores do Laboratório de Engenharia de Sistemas e Processos Biológicos do Instituto Nacional de Ciências Aplicadas de Toulouse utilizarão a estrutura do TWB para alavancar os resultados esperados.

 

#bioplastico #consorcioeuropeu #plastic



Mais Notícias PI



Parceria evitará o descarte de resíduos plásticos em aterro sanitário

Acordo entre companhias prevê a triagem de resíduos plásticos domiciliares antes de seu descarte em aterro, reinserindo-os na indústria com o objetivo de estimular a economia circular.

30/10/2020


Estirênicos plenamente recicláveis

Trabalho conjunto entre a SCS e o Instituto Fraunhofer atestou a adequação do poliestireno reciclado para aplicações envolvendo o contato com alimentos.

29/10/2020


Aditivo à base de zinco protege superfícies plásticas

Empresa lança aditivo que impede a disseminação de vírus, bactérias e fungos em superfícies plásticas

27/10/2020