A fabricante de injetoras Chen Hsong, com escritório central na China e filial brasileira em São Paulo (SP), passou a comercializar novos modelos de máquinas no Brasil. Trata-se de injetoras da série MK6 Pro e da linha MK6.6/BR, que apresentam força de fechamento de 88 a 568 toneladas.

 

Os equipamentos da série MK6 contam com rosca em versões com diâmetro de 31 a 98 mm e relação L/D a partir de 18.2 até 24.4, com curso que varia de 180 a 425 mm e velocidade de trabalho de até 245 rpm, de acordo com informações fornecidas por Alessandra Albuquerque, head de marketing da empresa.

 

Essas máquinas têm capacidade de injeção, dependendo da versão, de 136 até 3.206 cm3, e sua pressão de injeção máxima é de 2.549 kgf/cm2. Elas podem operar com moldes com espessura de 125 a 850 mm.


Já as características das injetoras da linha MK6.6, algumas idênticas ou similares às das máquinas da série mencionada anteriormente, consistem em taxa de injeção máxima, conforme o modelo, de 94 a 843 cm3/s. Contam com ejetor com força de até 18,2 toneladas e seu sistema de pressão opera com 175 kgf/cm2.


Ainda de acordo com a fabricante, os clientes poderão contar com assistência técnica local.

Mais informações podem ser obtidas no site da Chen Hsong. 


 

Imagens: Chen Hsong/Divulgação.

 

Leia também:

 

Resinas: relatório mensal sinaliza melhora para os próximos meses

 

Uso de insertos impressos em 3D proporciona vantagens na moldagem por injeção

 

Sistemas de visão asiáticos serão distribuídos no mercado brasileiro

 

#ChenHsong #NovasInjetoras #PlásticoIndustrial



Mais Notícias PI



Entidades do setor de plásticos anunciam parceria

Acordo entre a Adirplast, Abiplast e Abief visa organizar frentes de trabalho tendo em vista os desafios da indústria de transformação de plásticos.

27/02/2024


Do frasco ao solado. Garrafas PET transformadas em laminados para calçados.

Um volume de 17,3 milhões de garrafas PET recicladas foi convertido em matéria-prima para a fabricação de laminados para calçados, desenvolvidos no Brasil.

27/02/2024


Plásticos de engenharia na construção de guias lineares

Polímeros de alto desempenho dispensam a lubrificação e permitem a substituição de materiais convencionais nas buchas deslizantes de guias lineares. Alta resistência mecânica e térmica também são diferenciais.

28/02/2024