A Universidade Metropolitana de Osaka, a Nippon Steel a UBE Corporation, que tem escritórios em São Paulo (SP), anunciaram o desenvolvimento de um processo de síntese de uma etapa para policarbonato diol a partir de CO2 oriundo de biomassa, que dá origem a sistemas de poliuretano. Iniciado em abril deste ano, o projeto foi selecionado no âmbito do "Projeto de Promoção de Tecnologia de Desenvolvimento de Tecnologias para Reciclagem de Carbono e Geração Térmica /Desenvolvimento de Tecnologia Básica Comum para Tecnologia de Reciclagem de Carbono", solicitado pela Organização de Desenvolvimento de Nova Energia e Tecnologia Industrial (NEDO), instituição do governo japonês voltada para o desenvolvimento econômico sustentável.

 

O projeto propõe a síntese de dióis de policarbonato a partir do CO2 em uma única etapa, com menor impacto ambiental do que o verificado na síntese em duas etapas, normalmente usada na produção desses compostos que são matéria-prima para a obtenção de sistemas de poliuretano de alto desempenho. Estes são amplamente utilizados na fabricação de couro sintético para assentos de automóveis, tintas e revestimentos de pisos, entre outras aplicações, devido à sua durabilidade.

 

Antes dessa pesquisa, a Universidade Metropolitana de Osaka e a Nippon Steel desenvolveram um processo catalítico que sintetiza o policarbonato diol de forma eficiente a partir de CO2 e dióis em um reator de pequena escala. Para expandir os resultados do estudo e levar à próxima fase do projeto, com instalações de teste de bancada, serão desenvolvidos catalisadores e processos em laboratório para garantir alto desempenho mesmo em reatores maiores.

 

A UBE, fabricante de policarbonato diol, é responsável por avaliar a qualidade do produto, identificar problemas até a aplicação prática e examinar a viabilidade do negócio para vincular os resultados da pesquisa à comercialização.

 

Imagem: serviço de imprensa da NipponSteel
 

 

Conteúdo relacionado:

 

Plataforma vai gerir e mapear a reciclagem de plásticos no Brasil

 

Yamaha adota PP reciclado na fabricação de motocicletas
 

 

#poliuretano

 

 



Mais Notícias PI



Automação de baixo custo é o foco da nova unidade da Igus no Brasil

A empresa alemã inaugurou um centro de automação em Joinville (SC) para promover a disseminação do uso de sistemas robóticos em tarefas industriais.

05/07/2024


Sumitomo-Demag inaugura centro de treinamento e tem nova agenda de cursos

Operação, programação e manutenção de injetoras elétricas fazem parte da grade de cursos que a fabricante de injetoras oferecerá nos próximos meses.

02/07/2024


Espectrômetro portátil analisa filmes multicamadas para fins de reciclagem

O trinamiX, da BASF, foi atualizado para fazer a identificação imediata de mais de 30 tipos de plásticos com base na espectroscopia de infravermelho próximo (NIR), para fins de reciclagem. Nova versão inclui filmes multimateriais.

25/06/2024