Um acordo estabelecido entre a UPM Biochemicals, com matriz na Finlândia, e a Selenis, com escritórios em Portugal e no Brasil, tem como premissa desenvolver resinas de poli(tereftalato de etileno glicol) (PETG) feitas de biomassa florestal. O foco deste projeto é a utilização de resinas sustentáveis e de fonte renovável na fabricação de embalagens para o acondicionamento de cosméticos e produtos para cuidados pessoais, entre outras aplicações. O PETG é um material altamente transparente, aprovado pela FDA, utilizado em uma grande variedade de aplicações, incluindo cosméticos e embalagens para cuidados pessoais, rótulos termo retráteis (sleeve) e bens duráveis, como dispensadores a granel. 

 

Como vai funcionar a parceria

O papel de cada empresa neste projeto será o seguinte: a UPM Biochemicals vai fornecer o seu bio-monoetileno glicol (bio-MEG), produzido a partir de madeira certificada, comercializado sob a marca BioPura, que será utilizado na produção de bioPETG parcial. Já a Selenis será responsável pelo uso desta matéria-prima no desenvolvimento de embalagens. A empresa já segue uma estratégia de redução de sua pegada de carbono com o uso de materiais reciclados, contando com tecnologia própria para isso.

 

Marta Matos Gil, diretora de sustentabilidade da Selenis, comentou mais sobre os motivos que levaram à formação da parceria: “centramos nossos esforços em inovação em mercados onde a pressão por soluções recicláveis é maior porque a vida útil do produto é menor, o que significa que as soluções em fim de vida são mais críticas. As indústrias de embalagens e cosméticos são dois exemplos em que os proprietários de marcas priorizam a circularidade”. 


Michael Duetsch, vice-presidente de bioquímicos da UPM Biochemicals, concluiu dizendo que a indústria de embalagens “está realmente se esforçando para ter um futuro mais ecológico, e a incorporação de materiais de base biológica como o da marca BioPura, juntamente com uma parcela cada vez maior de materiais reciclados, será uma parte essencial desse processo”.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo site da Selenis e da UPM Biochemicals.

 

Imagem: Selenis/Divulgação.

 

 

Confira mais notícias:

 

Mais bioplásticos serão produzidos no Brasil

 

Filmes BOPP multicamadas, metalizados e impressos agora são também recicláveis

 

Estudo visa obter bioplásticos com melhores propriedades de barreira

 

#Selenis #UPMBiochemicals #PlásticoIndustrial #PETG



Mais Notícias PI



Evento sobre materiais plásticos acontece em SP

Palestras técnicas sobre plásticos de engenharia e compostos termoplásticos serão realizadas na Feiplar & Feipur.

16/07/2024


Embalagens de transporte serão temas de curso on-line

O Instituto de Embalagens está promovendo um treinamento sobre embalagens de transporte, que segue com inscrições abertas.

16/07/2024


Quadro de bicicleta de plástico reciclado é lançado na Alemanha

A Igus e a Advanced Bikes desenvolveram um quadro de bicicleta fabricado por injeção. Ele é feito em uma peça única, sem soldas, e é composto por plásticos de alto desempenho reciclados e fibras de carbono.

16/07/2024