A Ohxide (Paulínia, SP), consultoria especializada no mercado de petroquímicos, fechou a edição de junho de seu relatório mensal de preços e do mercado de resinas plásticas e matérias-primas, tendo como data base o mês de maio.

 

A segunda edição do estudo analisa aponta que a inflação em baixa e a perspectiva de maior acesso ao crédito, somados ao desempenho da produção industrial, apontam um melhor cenário para o mercado de resinas, apesar da atual instabilidade na demanda.

 

O levantamento contempla as variações dos preços de matérias-primas que dão origem às resinas petroquímicas, e detalhes sobre a formação e a evolução dos preços do polietileno (PE) em suas diferentes versões, polipropileno (PP), poliestireno (PS), poli(cloreto de vinila) (PVC) e poli(tereftalato de etileno) (PET). Leva em conta também as variações regionais do mercado brasileiro, importações e spreads internacionais, além de detalhar os preços conforme os graus (injeção, sopro, extrusão de filmes, ráfia etc).

 

Os relatórios são lançados na primeira quinzena de cada mês, trazendo informações sobre o mês anterior. Sua assinatura está disponível em planos mensais e anuais. Informações pelo e-mail ohxide@ohxide.com.br.

 

 

Foto: Shutterstock

 

 

Leia também:

 

Aumenta o consumo de bens industriais

 

Indústria vai investir em produtividade

 

 

 

 

 



Mais Notícias PI



Evento sobre materiais plásticos acontece em SP

Palestras técnicas sobre plásticos de engenharia e compostos termoplásticos serão realizadas na Feiplar & Feipur.

16/07/2024


Embalagens de transporte serão temas de curso on-line

O Instituto de Embalagens está promovendo um treinamento sobre embalagens de transporte, que segue com inscrições abertas.

16/07/2024


Quadro de bicicleta de plástico reciclado é lançado na Alemanha

A Igus e a Advanced Bikes desenvolveram um quadro de bicicleta fabricado por injeção. Ele é feito em uma peça única, sem soldas, e é composto por plásticos de alto desempenho reciclados e fibras de carbono.

16/07/2024