O Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), instituição de pesquisa apoiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo (Fapesp) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) ampliou suas linhas de investigação sobre compósitos com propriedades bactericidas, antifúngicas e antivirais, visando desenvolver materiais que possam auxiliar no combate à Covid-19.

 

Devido à emergência dos órgãos de saúde pública para conter a disseminação da doença, os materiais funcionais ganharam destaque, principalmente na área médico-hospitalar, na fabricação de EPIs (máscaras, luvas, aventais, toucas,etc), e componentes de equipamentos de diagnósticos e analíticos.

Entre os materiais já obtidos estão compósitos poliméricos contendo nanopartículas de óxidos metálicos produzidas no próprio centro, enquanto pesquisadores trabalham também unindo características dos polímeros que permitem transformá-los em produtos que associem, por exemplo, flexibilidade, resistência e processabilidade com características antimicrobianas e antivirais típicas das nanopartículas.

 

No desenvolvimento são observados aspectos como a distribuição e dispersão das partículas na matriz polimérica. Entre as que se mostram mais promissoras estão aquelas à base de prata, titânio, zinco e sílica.

 

Partículas à base de prata, por exemplo, interferem nos estágios de replicação de vírus por mecanismos separados de adesão à superfície do envelope viral. Embora essa ação já tenha sido demonstrada em relação a outros vírus, ainda está sendo pesquisada em relação ao SARS-CoV-2, o novo coronavírus, causador da Covid-19.



 

Conteúdo relacionado:

 

Atendimento a demandas emergenciais de produtos plásticos

Diretriz alemã define o que são plásticos de grau médico

 

#plastico #plasticonocombateacovid19 #materialcomposito



Mais Notícias PI



Novos polímeros com grafeno, mais resistentes e sustentáveis

Parceria entre a Gerdau Graphene e a unidade Embrapii Senai Mario Amato terá foco na pesquisa, desenvolvimento e inovação para aplicações industriais do grafeno em plásticos.

18/01/2022


Poluição marinha por plásticos em debate

A AMI promove gratuitamente o evento virtual “Ocean Plastic”, que falará sobre como encontrar maneiras de resolver o problema da poluição marinha por plásticos.

17/01/2022


Sachês pós-consumo transformados em itens esportivos

Projeto que integra a Boomera e a marca Nescau resultou na reciclagem de resina pós-consumo, proveniente de embalagens flexíveis, em itens esportivos, os quais foram doados a organização beneficente.

14/01/2022