Adalberto Rezende, da redação


 

As motocicletas e bicicletas continuam a ser consideradas uma alternativa interessante para quem quer evitar se expor a aglomerações que podem propiciar a disseminação de doenças, o que tipicamente ocorre, por exemplo, no transporte público. Isso, desde o início da pandemia de Covid-19, está no radar de fabricantes de veículos de duas rodas.

 

De acordo com uma projeção feita pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), poderão surgir oportunidades no segmento de plásticos, levando-se em conta que o setor de duas rodas é um importante consumidor de peças plásticas como, por exemplo, carenagens e componentes para o motor, isso sem mencionar a confecção de itens de segurança para o motociclista como viseira para capacete, equipamentos de proteção, entre outras peças, assim como as  espumas usadas para preenchimento de assento.

 

 

Fabricação de peças plásticas para motocicletas deverá crescer em 2022

A boa notícia para fornecedores de resinas termoplásticas e prestadores de serviços para esse ramo é a estimativa de que serão produzidas cerca de 1,29 milhão de motocicletas no Brasil em 2022. De acordo com informações divulgadas pela instituição, prevê-se um aumento de 7,9% da produção de motocicletas para este ano em comparação com 2021, em que foram fabricadas 1,19 milhão de unidades no Polo Industrial de Manaus (PIM).

 

Um dos fatores que serviram de embasamento para a projeção é o crescimento da demanda por serviços de entrega em domicílio, segmento no qual são muito utilizadas motocicletas com motor de até 160 cilindradas. Além disso, ainda segundo a associação, a alta do preço dos combustíveis propicia um maior uso de motos principalmente em áreas de grande concentração urbana. Outro dado diz respeito ao aumento das exportações, que poderão somar 54 mil unidades em 2022 frente às 53.476 computadas no ano passado.

 

Apesar das boas projeções, não estão descartadas reviravoltas no cenário político e econômico do País este ano, o que, segundo Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, “podem afetar o poder de compra do consumidor e impactar negativamente a demanda por motocicletas”. Entretanto, ele está otimista quanto ao que se espera da capacidade produtiva da indústria de motocicletas para os próximos meses: “Esperamos um cenário mais estável neste ano para conseguirmos atingir novamente os patamares de 2015, quando a produção ficou na casa de 1,2 milhão de unidades”. 

 

 

 

Produção de bicicletas também deve aumentar

 

Outra previsão da Abraciclo é uma alta de aproximadamente 17,4% da produção de bicicletas em 2022, estimando que cerca de 880 mil unidades serão fabricadas no Polo Industrial de Manaus (PIM). A entidade informou que no ano passado foram produzidas 749.320 bicicletas.

 

 

Indústria de peças plásticas para bicicletas espera alta demanda este ano

Essa previsão também é um indicativo positivo para os fornecedores e transformadores de matéria-prima baseada em polímeros, os quais são usados para confeccionar peças como selim, protetor de disco de freio e coroa, manetes, carenagens, além de acessórios para o ciclista – capacete, recipientes para transporte de líquidos e/ou de objetos, óculos, entre outros.  

 

As bicicletas também são objeto de interesse de usuários que priorizam tanto a segurança no que diz respeito ao afastamento de aglomerações quanto a prática de exercícios físicos e a facilidade de locomoção. Esses fatores tiveram peso nas considerações da associação que fundamentaram a perspectiva de alta da produção.

 

Ainda sim estão previstos desafios para o segmento, conforme comentou Cyro Gazola, vice-presidente do segmento de bicicletas da Abraciclo: “Além de todo o impacto da pandemia nas linhas de produção, a escassez de peças e componentes travou o ritmo das unidades fabris. Esse problema ainda vai persistir por mais alguns meses, mas acreditamos que em uma intensidade menor”.

 

 

Mais informações podem ser obtidas aqui.

 

 

Imagens: Freepik/Pixabay

 

 

Conteúdo relacionado:

 

Compósitos termoplásticos podem substituir componentes metálicos de baterias

 Plástico reciclado é usado para moldar peça técnica de eletrodoméstico


 

#Abraciclo #Bicicletas #Motocicletas #PlásticoIndustrial




 



Mais Notícias PI



Abalos e perspectivas do mercado europeu de plásticos

Organização da feira K divulga relatório de tendências do setor de plásticos na Europa diante de questões como os desdobramentos da pandemia de Covid-19 e a guerra na Ucrânia.

07/06/2022


Investimento no ramo de tubos e conexões de plástico

Fabricante de tubulações vai investir na aquisição de equipamentos tendo em vista o Marco Regulatório do Saneamento.

07/06/2022


Poliamida com consultoria de mercado

Distribuidora de poliamida investe em análise de mercado como serviço adicional para seus clientes.

31/05/2022