De acordo com estudo da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil – organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global – a indústria vem tentando reagir na intenção de lançar produtos, como mostra o  Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial, produzido pela associação.

 

 

Segundo a instituição, o índice GS1 mede a intenção de lançamento de produtos no Brasil, por meio dos pedidos de códigos barras pelas empresas. Como mostra a imagem, “original” se refere aos dados brutos, que refletem as solicitações mês a mês. Já o termo “dessazonalizado” se refere à série livre de efeito sazonal, a qual exclui efeitos típicos de meses específicos e permite uma avaliação mais intuitiva de tendência do crescimento da série entre os meses como, por exemplo, comportamento histórico de aumento de pedidos por conta de datas comemorativas.

 

No mês de setembro de 2021 o índice apresentou crescimento de 16,5% na comparação com o mês anterior, no dado livre de efeitos sazonais. No entanto, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, apresentou uma queda de -9,6%, e no acumulado de 12 meses, um crescimento de 2,3%.

 

Na opinião de Virginia Vaamonde, CEO da associação, o índice encerrou o período de janeiro a setembro deste ano com um resultado acumulado 1,8% acima do observado no mesmo período de 2020. Para a gestora, “Mesmo com o indicador positivo, este é um momento de atenção com relação à intenção de lançamento de produtos, já que historicamente há uma desaceleração no último trimestre do ano que pode levar a encerrarmos 2021 no mesmo patamar do ano passado”.

 

É possível ter acesso a mais informações sobre o índice de atividade industrial, bem como à sua série histórica, no site da associação.

 

(Fotos: GS1 Brasil)

#industria #mercado #indicedeatividadeindustrial

 

Conteúdo relacionado:

Digitalização e sustentabilidade estão na pauta de 85% das empresas, aponta estudo

Maioria dos brasileiros apoia plásticos de uso único



Mais Notícias PI



Novos polímeros com grafeno, mais resistentes e sustentáveis

Parceria entre a Gerdau Graphene e a unidade Embrapii Senai Mario Amato terá foco na pesquisa, desenvolvimento e inovação para aplicações industriais do grafeno em plásticos.

18/01/2022


Poluição marinha por plásticos em debate

A AMI promove gratuitamente o evento virtual “Ocean Plastic”, que falará sobre como encontrar maneiras de resolver o problema da poluição marinha por plásticos.

17/01/2022


Sachês pós-consumo transformados em itens esportivos

Projeto que integra a Boomera e a marca Nescau resultou na reciclagem de resina pós-consumo, proveniente de embalagens flexíveis, em itens esportivos, os quais foram doados a organização beneficente.

14/01/2022