A francesa Arkema desenvolveu a resina termoplástica Elium®, que possui uma característica muito particular: apresenta estado líquido à temperatura ambiente, mas pode ser usada na fabricação de peças plásticas termoformáveis e recicláveis.

Classificado como um compósito termoplástico, o material é um forte candidato a substituir as resinas epóxi e poliéster em compósitos, assim como metais, em razão de sua excelente resistência mecânica, que possibilita a fabricação de peças leves.

Pode ser utilizado no segmento de compósitos estruturais para a indústria de geração de energia eólica, e também na construção de barcos, itens para prática de esportes e no setor automotivo. 

Os materiais adquirem mais resistência ao receber fibras de reforço responsáveis pelo bom desempenho mecânico do composto, que também é termoformável e reciclável, características típicas dos materiais termoplásticos. No entanto, é processado por meio de tecnologias tradicionais como RTM e infusão, que são usadas para processar termofixos.

 

Em parceria com o M2P, um instituto de pesquisa tecnológica localizado em Metz (França) e junto com fabricantes de automóveis e OEMs automotivos franceses, a Arkema se juntou à Fast RTM - Fast Resin Transfer Molding, uma plataforma de tecnologia criada em 2015.

 

Dentre os desenvolvimentos realizados no escopo desta plataforma está uma aplicação que demonstra a viabilidade da produção em massa de peças automotivas feitas com o compósito Elium, a uma velocidade de produção de uma peça a cada dois minutos, atendendo a exigências de montadoras.

 

Turbinas e pás eólicas também podem ser fabricadas com a resina, uma aplicação que venceu inclusive a edição 2020 do Prêmio Pierre Potier, criado pelo Ministério da Economia, Finanças e Indústria da França para destacar iniciativas no campo da química que promovem o desenvolvimento sustentável.

 

Fotos: Arkema


 

Conteúdo relacionado:

Plásticos serão essenciais na transição para a mobilidade elétrica

Veículos elétricos, uma oportunidade para as resinas especiais


 

#Elium #compósitotermoplástico

 




Mais Notícias PI



Reparo de moldes e ferramental para o ramo do plástico

Prestadora de serviços faz recuperação de moldes e ferramental usados no processamento de plásticos.

18/10/2021


Equipamento usa microssondas para inspecionar tubos plásticos

Escâner 3D faz medição sem contato e pode detectar trincas ou porosidade em superfícies internas e externas de tubos.

08/10/2021


Robôs para injetoras chegam ao Brasil

Empresa passou a comercializar autômatos auxiliares indicados para processos de injeção de plásticos.

05/10/2021