O design voltado para a reciclagem é um importante fundamento para a validação de projetos de sustentabilidade. Significa que a embalagem é concebida de forma a permitir a maior taxa possível de reciclagem dos materiais em uso. Os objetivos são a conservação de recursos, a vida útil mais longa possível, a reciclagem em ciclo fechado ou o uso de materiais de fonte renovável.

 

Para poder aplicar o design de embalagens recicláveis, é necessário um certo conhecimento dos processos envolvidos. A embalagem deve, portanto, além de cumprir funções básicas como armazenamento, transporte, proteção do produto, apresentação do produto e conveniência, ser totalmente adequada à classificação, triagem e reciclagem de última geração.

 

Para auxiliar as empresas que desenvolvem embalagens a atenderem esses requisitos com seus projetos, foi elaborado o Guia de Design de Embalagens para Reciclagem, um trabalho conjunto das instituições Efficient Consumer Response (ECR Community), World Packaging Organization (WPO) e o Campus FH da Universidade de Ciências Aplicadas (Áustria).

 

Trata-se de um ponto de partida para entender exemplos de Melhores Práticas usando tecnologia de ponta na concepção de produtos para diversos segmentos, incluindo embalagens primárias, secundárias e terciárias.


De acordo com Declan Carolan, Co-Presidente da Comunidade ECR, o guia tem como objetivo promover o desenvolvimento de conhecimento no setor de varejo e grupo de produtos de consumo à medida que as empresas fazem a transição para novos projetos de embalagens que ajudam a minimizar seu impacto ambiental, ao mesmo tempo em que garantem sua adequação à finalidade e requisitos estéticos. “Reconhecemos os desafios e as oportunidades que a transição para uma economia circular trará e entendemos que a embalagem circular e os sistemas de reciclagem de apoio são uma etapa crucial neste processo”, informou.

 

“À medida que varejistas e fabricantes começam a se comprometer publicamente com a redução significativa de suas embalagens plásticas nos próximos anos, essas recomendações devem ajudar a orientar a conversa. O uso de um sistema de sinais simples, com codificação por cores, facilita a leitura e o entendimento para todos os executivos envolvidos. Conseguir a adesão de toda a empresa e de sua cadeia de suprimentos é essencial ao fazer essas mudanças”, completou Carolan.

 

O guia de 69 páginas, em inglês, está disponível para download gratuito aqui.



 

Conteúdo relacionado:

 

Grupo amplia processo de destinação de embalagens

Associação aposta na recuperação do setor de embalagens no segundo semestre



#PackagingDesigGuide  #WPO   #ECR
 



Mais Notícias PI



Polímeros biodegradáveis e de base biológica em aplicações de uso único

A Milliken se uniu à GO!PHA para impulsionar a adoção de PHA, polímero biodegradável de base biológica, em embalagens de uso único.

21/01/2022


Lançamento para o ramo do plástico inclui plataforma digital e serviços

Empresa divulgou pacote de recursos digitais para conectividade no chão de fábrica a ser comercializado no Brasil.

21/01/2022


Uma rede de produção para a impressão 3D

A EOS passou a gerir sua própria rede de parceiros em manufatura aditiva, que conecta empresas de diversos portes para produzir peças impressas em 3D em larga escala.

20/01/2022