As fabricantes de injetoras europeias Krauss Maffei (Alemanha) e Netstal (Suíça), que haviam formado uma joint venture sob a denominação Krauss Maffei em 2019, voltaram a atuar como unidades independentes, com a Netstal voltada para a demanda do setor médico e para o setor de PET, nos quais possui reconhecida expertise.

 

O Grupo KraussMaffei transferirá todas as atividades da antiga KraussMaffei High Performance AG para uma unidade independente, a partir de 1º de outubro de 2021. Esta nova unidade vai operar sob o nome Netstal, gerenciando os negócios de Novas Máquinas e Serviços no mundo todo.

 

Michael Ruf, CEO da KraussMaffei, falou a respeito da decisão do grupo em comunicado à imprensa: "Com esta etapa, estamos levando em consideração os desejos de nossos clientes e reunindo a marca e a organização Netstal sob um nome comum. Estamos convencidos de que no futuro a Netstal será capaz de responder a clientes e suas aplicações com foco ainda maior do que antes e oferecer a eles o valor agregado que a marca representou por muitas décadas”.

 

Os mercados atendidos pela Netstal estão entre os chamados “à prova de crises”, característica de setores que não só sobreviveram como registraram crescimento em decorrência da pandemia de Covid-19, tais como o de produtos para a área médica, alimentos e bebidas. O grupo KraussMaffei prevê, portanto, um forte crescimento nessas áreas - particularmente nos segmentos médico e PET.

 

Fotos (KraussMaffei): Itens complexos para a área médica, especialidade da Netstal, serão o foco da nova unidade de produção de maquinário

 

 

 

Conteúdo relacionado:

Pesquisa na área de injetoras aponta aumento das vendas de máquinas em decorrência da pandemia

 

Pesquisa no ramo de PET aponta aumento da demanda por embalagens para produtos antivirais

 

 

#KraussmaffeiNetstal #plásticosnaáreamédica



Mais Notícias PI



Mobilidade elétrica: novos grades de PPA voltados à inovação sustentável

Empresa desenvolveu novas soluções de poliftalamida (PPA) projetadas para aplicações em componentes de transportes elétricos e em eletrônica de potência.

30/11/2021


Projeto usará embalagens de EPS na produção de peças para eletrodomésticos

Parceria que visa à fabricação de peças para refrigeradores usando embalagens de EPS pretende reaproveitar 200 toneladas de material pós-consumo até o próximo ano.

30/11/2021


ESG na prática no setor de plásticos

Optar pela desafiadora reciclagem de filmes flexíveis levou a Plastiweber a conceber novos produtos e aplicações para os laminados obtidos a partir de material pós-consumo.

30/11/2021