A fabricante de tubos e conexões plásticas Krona, situada em Joinville (SC), desenvolveu recentemente a linha Ultraterm, a qual conta com peças cuja cadeia polimérica é composta por policloreto de vinila clorado (CPVC), e que pode ter contato com água sob alta temperatura.

Tubos e conexões feitos de CPVC, plástico resistente a altas temperaturas

 

Esses produtos foram projetados para suportar, no caso de contato com água quente, pressão de aproximadamente 9,0 Kgf/cm² (9,0 Bar) e temperatura de 70 °C, além de apresentarem boa resistência à ação de agentes químicos que eventualmente possam causar a corrosão de suas paredes.

 

 

Outras de suas características são: áreas internas com superfície lisa, o que permite reduzir o atrito causado pelo contato com fluidos, bem como diminuição do índice de acúmulo de impurezas nestes locais; apresenta baixa condutividade térmica, fazendo com que ocorra uma menor perda de calor da água; e não propaga chamas, que é também uma propriedade do seu similar PVC.

 

Segundo informações da empresa, os tubos e conexões são ainda resistentes ao impacto e podem ser submetidos ao enterramento. Em comunicado à imprensa foi informado que a união das peças pode ser feita por meio de solda a frio com adesivo plástico para CPVC, e que não é necessário o preparo das superfícies por lixamento ou aplicação de soluções específicas.

 

De acordo com Gustavo Dias de Sousa, diretor comercial e de marketing da companhia, os produtos feitos em CPVC passaram a ser fabricados em uma das unidades produtivas da Krona após um trabalho de modernização de suas linhas de produção, o que envolveu a implantação de robôs e sistemas automatizados de montagem, assim como conexão do chão de fábrica com ambientes virtuais.

 

Mais informações podem ser obtidas aqui. Nossos guias trazem dados sobre a oferta de máquinas extrusoras para a fabricação de tubos corrugados no Brasil, além de outros equipamentos indicados para a área de plásticos.

 

Foto: Linha de tubos e conexões feitos em policloreto de vinila clorado desenvolvida pela Krona.


 

Conteúdo relacionado:

Ficha técnica com as principais características, aplicações e propriedades do poli(cloreto de vinila) (PVC)

Rede de aceleração de projetos para a indústria 4.0

 

#Krona #CPVC #TuboseConexões #Plásticos



Mais Notícias PI



Grupo Gerdau inicia negócio voltado para o grafeno

Gerdau Graphene é a nova divisão da empresa, que vai atuar nas Américas no desenvolvimento de aplicações em grafeno, a começar pela produção de masterbatches.

16/04/2021


Mais desmoldantes e agentes de purga para o ramo de plásticos

Novas especialidades químicas para o processamento de polímeros passaram a ser comercializados no Brasil.

26/03/2021


Nanopartículas que podem ser dispersas em plástico eliminam vírus por contato

Empresa brasileira desenvolveu e publicou artigo sobre material contendo nanopartículas de prata, que pode ser adicionado em plásticos e é capaz de eliminar fungos, bactérias e vírus em dois minutos.

17/03/2021