A Yaskawa Motoman do Brasil, empresa que tem matriz no Japão, está trazendo para o Brasil um novo robô de seis eixos que tem capacidade para processar cargas com peso de até 20 kg, o qual pode ser integrado a linhas de fabricação de produtos plásticos.

 

Robô industrial passou a ser comercializado no Brasil

 

O autômato, que recebeu o nome de HC20XP, possui braço que apresenta alcance de 1.700 mm tanto no sentido horizontal quanto no vertical, sendo sua repetibilidade de trabalho de 0,05 mm. O peso de seu braço é de 140 kg e ele pode operar em dois modos: industrial e colaborativo.

 

 

Em se tratando do modo operacional industrial do robô, a sua velocidade de trabalho é de até 1.000 mm/s, ao passo que no colaborativo sua velocidade de trabalho chega aos 250 mm/s. No entanto, ele pode trabalhar com quatro modos distintos de operação colaborativa, os quais são mencionados a seguir.

 


 

A respeito da tecnologia de limitação de potência e força (de Power and Force Limiting, denominada pela sigla mostrada acima), Icaru Sakuyoshi, diretor-presidente da companhia, disse que a partir de seu uso é possível programar limites de força fazendo com que o robô pare automaticamente caso a força externa exceda o limite programado. Segundo o executivo, o autômato é indicado para operar conjuntamente com máquinas injetoras e/ou impressoras 3D, além de outras máquinas típicas de parques fabris voltados ao processamento de plásticos.


 

 

Outra característica do HC20XP é o seu grau de proteção IP67 que permite que ele seja submetido ao contato com a água, como explica Icaru, a seguir. “Isso possibilita o seu trabalho em ambientes agressivos como, por exemplo, de lavagem de peças com jato d’água, sem a necessidade de uso de capas, coberturas protetivas etc.”.


 

A fabricante informou que o modelo possui sistema de segurança composto por sensores e que ele também pode ser configurado com sistema de desligamento automático, podendo ainda ser conectado a redes Ethernet, bem como ser instalado em paredes ou teto. Os clientes podem contar com assistência técnica no Brasil.

 

 

Mais informações sobre robôs colaborativos indicados para operações no ramo de plásticos, assim como a respeito de softwares, podem ser obtidas em nossos guias.


 

Conteúdo relacionado:

Novo programa de inteligência artificial para a indústria

 

Customização de computadores industriais

 

 

#YaskawaMotoman #RobôColaborativo #Plásticos #Software



Mais Notícias PI



Equipamento usa microssondas para inspecionar tubos plásticos

Escâner 3D faz medição sem contato e pode detectar trincas ou porosidade em superfícies internas e externas de tubos.

08/10/2021


Robôs para injetoras chegam ao Brasil

Empresa passou a comercializar autômatos auxiliares indicados para processos de injeção de plásticos.

05/10/2021


Cada caso, uma garra

Especialista do segmento de robótica fez recomendações quanto à especificação do tipo de garra mais adequada à manipulação de peças plásticas em sistemas automatizados.

05/10/2021