A Ascend (EUA) expôs as suas linhas de poliamidas indicadas à fabricação de peças e/ou componentes cujo projeto compreende a exposição a altas temperaturas. Tratam-se de grades comercializados em versões reforçadas com fibras de vidro, que apresentam cadeia longa e boa estabilidade ao calor, pertencentes à série Vydyne XHT, as quais podem ser processadas sob gradientes de temperatura de 180 a 230 ºC. Entre as propriedades desses polímeros está densidade de 1,42 a 1,44 g/cm3, resistência à tração de 192 a 199 MPa, alongamento de cerca de 3,1%, módulo de tensão de até 12.100 MPa e temperatura de fusão que fica entre 261 e 271 ºC.

Essas características permitem que as PAs sejam utilizadas na produção de peças para veículos, por exemplo, como tampas de motores, coletores de gases provenientes de combustão, compartimento de óleo, dutos de sistema de arrefecimento, entre outras.     

#K2019  #poliamidas #resistenciatermica #plastico



Mais Notícias PI



Filme plástico antiembaçante facilita a comunicação

Desenvolvimento surgiu da demanda por máscaras faciais de proteção para pessoas com deficiência auditiva e que fazem leitura labial.

31/07/2020


Barreiras de proteção em PETG

Devido à sua alta transparência e resistência mecânica, o termoplástico PETG passou a ser usado na fabricação de paredes divisórias, mais uma oportunidade para empresas do ramo de plásticos.

30/07/2020


Lubrificantes internos líquidos: melhor desempenho para peças técnicas

Pesquisadores conseguiram incorporar microcápsulas contendo lubrificante em termoplásticos. Isso torna possível a produção de materiais autolubrificantes, apropriados para a produção de peças técnicas sujeitas a atrito ao longo de sua vida útil

29/07/2020