Sintonizada com as atuais tendências do setor de plásticos, a alemã Arburg exibiu tecnologias avançadas durante a feira K, encerrada recentemente.

 

Suas inovações são baseadas em duas frentes: a digitalização e a economia circular. A primeira teve um roteiro denominado “Road to Digitalisation” (estrada para a digitalização), com dez estações interativas que mostraram na prática conceitos como máquinas inteligentes, produção inteligente, serviços inteligentes e realidade aumentada, incluindo a demonstração de seis pacotes de sistemas assistentes digitais da produção, todos rodando em máquinas equipadas com recursos de conectividade, ou seja, contendo um módulo de conexão IIoT (IIoT gateway) que os liga ao sistema de serviço remoto ARS e ao arburgXworld, o portal do consumidor da empresa.

 

Peças foram moldadas nas 20 máquinas que a companhia levou ao pavilhão, mostrando tecnologias como o assistente digital de preenchimento criado em parceria com a Simcon (Aachen), desenvolvedora de software de simulação de injeção. O recurso permite a comparação imediata do resultado com o apontamento feito offline pelo software, trazendo benefícios em relação ao tempo de set up, segurança e eficiência. Um sistema de controle baseado em sistema SCADA também foi exibido, possibilitando o rastreamento de 100% das peças injetadas.

 

Com relação à economia circular, foram mostrados os recursos dos equipamentos da empresa para a moldagem de materiais reciclados. Descartáveis e peças técnicas foram fabricadas com materiais reprocessados, inclusive em versões espumadas.

 

A injeção de peças técnicas em policarbonato sobremoldado com um filme com funções eletrônicas integradas foi mais uma atração do estande da empresa, assim como a microinjeção de componentes em silicone líquido, pesando 0,009 gramas e com tempo de ciclo de 20 segundos. As micropeças, normalmente usadas nos setores de tecnologia médica e automotiva, são coletadas por esteiras, inspecionadas e embaladas em sacos de papel.

 

#k2019 #arburg #internetdascoisas #plastic



Mais Notícias PI



Novos polímeros com grafeno, mais resistentes e sustentáveis

Parceria entre a Gerdau Graphene e a unidade Embrapii Senai Mario Amato terá foco na pesquisa, desenvolvimento e inovação para aplicações industriais do grafeno em plásticos.

18/01/2022


Poluição marinha por plásticos em debate

A AMI promove gratuitamente o evento virtual “Ocean Plastic”, que falará sobre como encontrar maneiras de resolver o problema da poluição marinha por plásticos.

17/01/2022


Sachês pós-consumo transformados em itens esportivos

Projeto que integra a Boomera e a marca Nescau resultou na reciclagem de resina pós-consumo, proveniente de embalagens flexíveis, em itens esportivos, os quais foram doados a organização beneficente.

14/01/2022