Adalberto Rezende, da redação.


 

A Quimatic Tapmatic, desenvolvedora de especialidades químicas situada em Barueri (SP), está promovendo treinamento sobre galvanização a frio que é ministrado em formato presencial e on-line. O conteúdo do treinamento abrange, por exemplo, as características de diferentes métodos de galvanização, o preparo de superfícies metálicas que vão receber a camada protetiva, estabelecimento de espessuras e cuidados recomendados durante a aplicação. 

 

Marcelo Françoso, gerente comercial, e Marcos Pacheco, químico sênior, que integram o time da Quimatic Tapmatic, concederam entrevista à Corte e Conformação de Metais. Eles forneceram informações sobre o curso e comentaram a respeito de setores que atualmente são os principais consumidores de serviços que envolvem a manutenção de estruturas metálicas. Entre eles, o segmento de geração de energia limpa, principalmente no que diz respeito às usinas de energia solar.  


Com relação ao treinamento, os entrevistados disseram que os participantes poderão ter acesso a vídeos com duração de aproximadamente 30 minutos. Neste sentido, são fornecidas informações sobre os cuidados recomendados para a aplicação de galvanização, o que abrange a preparação preliminar de superfícies por jateamento, proteção da área que recebeu a camada de protetiva, a qual não deve ter contato com vento e poeira, tampouco ser submetida à umidade e à atmosfera ácida, e nem exposta a possíveis atritos eventualmente ocasionados pelo choque com fragmentos do solo ou com ferramentas, entre outros fatores.


Alguns parâmetros requeridos para a aplicação de galvanização a frio foram comentados pelos especialistas: recomenda-se proteger por pelo menos uma hora a área sob cura da camada protetiva; a aplicação de duas a três demãos é considerada a ideal para esse tipo de trabalho, mas isso vai depender de outras variáveis que devem ser analisadas junto a profissionais da área; a obtenção de camadas com espessura de aproximadamente 70 mícrons também foi uma das recomendações feitas por Marcos e Marcelo.

 

Demanda crescente no setor fotovoltaico

 

Os especialistas em galvanização disseram que o setor fotovoltaico é atualmente um dos mais expressivos consumidores de serviços de manutenção de estruturas metálicas, em que a galvanização a frio proporciona vantagens quando se trata de trabalho in loco.

 

 

Marcos Pacheco comentou mais sobre este assunto, salientando algumas vantagens da galvanização em relação a outros processos usados para a proteção de estruturas metálicas: “A galvanização é a melhor solução para proteger estruturas de ferro e aço de usinas fotovoltaicas contra a corrosão porque a camada aplicada se funde ao metal e não deixa espaço para a ferrugem se estabelecer. Outros métodos anticorrosivos como, por exemplo, a pintura comum ou o uso de zarcão não garantem o mesmo grau de proteção, pois se houver ruptura ou desgaste da camada aplicada, a ferrugem pode se alastrar por todo o metal, o que não acontece no caso da galvanização”.

 

 

Marcelo Françoso complementou dizendo que a Quimatic Tapmatic conta com equipes de profissionais que fornecem serviços em diversas regiões do Brasil. Ele também comentou que uma das metas da companhia é “obter crescimento de aproximadamente 20% em 2024”, e concluiu mencionando que o aumento da gama de serviços de galvanização a frio para o ramo metalmecânico está entre os objetivos.


 

Mais informações sobre o curso podem ser obtidas aqui. Um estudo que analisa o uso de aços estruturais resistentes à corrosão atmosférica está disponível na seção Artigos técnicos em nosso site.

___________________________________________________________________________

Assine a CCM Online, a newsletter quinzenal da Corte e Conformação de Metais, e receba informações sobre mercado e tecnologia para a indústria metalmecânica. Inscreva-se aqui.

___________________________________________________________________________

 

Imagens: Quimatic Tapmatic/Divulgação.

 

Mais notícias:

 

Estampagem profunda. Sistema monitora a qualidade de peças em segundos.

 

Mapa estratégico da indústria. As diretrizes para o período de 2023 a 2032

 

#QuimaticTapmatic #CorteConformaçãoMetais #Galvanização #Curso



Mais Notícias CCM



Nova unidade da Igus vai promover a automação de baixo custo

Um centro de automação foi inaugurado pela empresa alemã em Joinville (SC) para promover a disseminação do uso de sistemas robóticos em tarefas industriais.

11/07/2024


Lecar não vai mais produzir automóveis elétricos. Agora, só híbridos.

Empresa brasileira vai redirecionar esforços antes dedicados à fabricação de carros elétricos para o desenvolvimento de veículos híbridos flex, com sistema de tração elétrico.

01/07/2024


BMW inaugura estamparia de última geração para produzir carros elétricos

Estamparia com equipamentos de última geração foi inaugurada na unidade norte-americana da montadora alemã, criando mais de 200 novos empregos em áreas técnicas e operacionais.

01/07/2024